Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

PF prende oito acusados de desviar verba do Ministério do Trabalho

Batizada de Pronto Emprego, operação apontou irregularidades no repasse de R$ 47,5 milhões ao Centro de Atendimento ao Trabalhador em SP e no RJ

Por Da Redação 3 set 2013, 12h16

A Polícia Federal (PF) prendeu oito pessoas acusadas de desviar recursos públicos oriundos do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que deveriam ter sido aplicados na criação e manutenção de centros públicos de empregos administrados pela ONG Centro de Atendimento ao Trabalhador (Ceat) em São Paulo e no Rio de Janeiro. A operação, batizada de Pronto Emprego, emitiu também 38 mandados de busca e apreensão.

Segundo a PF, as investigações foram iniciadas em janeiro deste ano e foram feitas em parceria com o Tribunal de Contas da União (TCU).

A investigação aponta que o Ceat realizou lavagem de dinheiro das verbas desviadas, além de ter feito doações fictícias e falsificado informações sobre prestação de serviços. Ao todo, a ONG recebeu, desde 2009, cerca de 47,5 milhões de reais do MTE. A PF ainda não sabe a quantia total desviada. ​

De acordo com a PF, os investigados vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, peculato, corrupção e lavagem de dinheiro, cujas penas, somadas, podem chegar a 37 anos de prisão.

Assessor – Um assessor do segundo escalão do ministério foi o oitavo preso na operação. Ele foi flagrado recebendo 30 000 reais em propina da diretoria do Ceat, segundo a polícia. O flagrante foi feito em um hotel no centro de São Paulo.

Apesar de trabalhar para uma secretaria da pasta, o servidor era “bem próximo ao poder”, segundo o delegado da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros (Delefin), Alberto Ferreira Neto, e tinha cerca de 20 anos de carreira.

Leia também:

Leia também: PF prende 18 por desvio de R$ 6,6 milhões da educação

(Atualizada às 17h03)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês