Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Escola Tasso da Silveira é reaberta como instalação modelo

Local do massacre de 12 estudantes em abril do ano passado passa por reforma e recebe salas modernas, equipamentos de informática e cores

A escola municipal Tasso da Silveira ficou conhecida em todo o Brasil como o local do massacre de 12 estudantes em abril do ano passado. O luto e a dor deram lugar à alegria na manhã desta segunda-feira, quando foi aberto o ano letivo para os estudantes de Realengo, na zona oeste. Cores vivas, espaço arejado e um prédio anexo são parte da reforma feita pela prefeitura do Rio, que fez a antiga construção ser transformada em escola modelo.

O prefeito Eduardo Paes comandou a abertura do ano letivo na Tasso da Silveira. O projeto custou cerca de 9 milhões de reais e visa a afastar o trauma de 7 de abril de 2011, quando um maníaco entrou na escola atirando contra os estudantes.

Os estudantes, que ajudaram a reocupar a escola logo nos primeiros dias após a tragédia, colorindo muros e salas, receberam com alegria as novidades. Entre as novas instalações, há salas com computadores e câmeras de vigilância.