Clique e assine a partir de 9,90/mês

Com telão sem som, manifestantes “advinham” quem é contra ou a favor do impeachment

Por Da Redação - 17 abr 2016, 16h04

Manifestantes que foram à Esplanada dos Ministérios acompanhar a sessão de votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara tiveram que se contentar apenas com a imagem dos deputados falando na tribuna. As caixas de som não estão funcionando. Mesmo assim, as pessoas se sentaram em frente ao telão e tentam adivinhar quem é contrário ou favorável ao afastamento de Dilma. Fernando Melo, 35 anos, veio preparado e acompanha a sessão no rádio do celular enquanto vê as imagens no telão. “Eu podia estar em casa assistindo tranquilo, mas vim aqui pra fazer pressão. Se não fosse a gente na rua. Não teríamos nada disso”, afirmou ele, que mora perto da Esplanada. Ele apostou com os amigos que o impeachment passa por 360 votos. “Mas estou achando que vou perder. Vai chegar a 380”, diz. Outros não estão tão confiantes como o servidor público Fabrício Mariano, 40 anos, que acredita em 348. “E se perdermos ainda temos o pedido da OAB. Se Dilma ganhar também vai ser vitória de Pirro. Ela não vai conseguir fazer nada”, disse. A coordenadora do Vem pra Rua Brasília Malu Guito disse que, além do som, não dá para assistir no telão por causa do reflexo do sol. Segundo ela, o movimento vai transmitir no carro de som o voto dos deputados, que devem ser proferidos no início da noite. (Eduardo Gonçalves, de Brasília)

Leia mais:

Quórum na Câmara é alto, má notícia para Dilma

Imprensa internacional cobre início da votação do impeachment em Brasília

Publicidade