Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bancada do PTB ignora Executiva e declara apoio a Dilma

A bancada do PTB na Câmara dos Deputados decidiu contrariar posição da Executiva Nacional da legenda e vai apoiar a candidatura da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição. Em convenção nacional realizada em 21 de junho, o partido oficializou apoio à candidatura presidencial de Aécio Neves (PSDB). A decisão da bancada petebista, contudo, é basicamente simbólica, já que o tempo da legenda na propaganda eleitoral seguirá com Aécio. Segundo afirmou nesta terça-feira o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO) dos 24 integrantes da bancada da Câmara apenas o deputado Eros Biondini (MG) se posicionou contra apoiar a candidatura da petista. A decisão foi anunciada após encontro em Brasília que também contou com a participação do senador Armando Monteiro (PE), aliado do PT na campanha pelo governo de Pernambuco.

Segundo Arantes, antes do encontro de hoje, além de Monteiro, os senadores Fernando Collor (AL), Epitácio Cafeteira (MA) e João Vicente Claudino (PI) também manifestaram apoio “total” e “irrestrito” à campanha de Dilma. O líder da bancada no Senado, Gim Argello (DF), deve apoiar a campanha presidencial de Aécio Neves (PSDB). “Tínhamos um comprometimento que é anterior. Desde as eleições passadas, que estamos apoiando a Dilma, antes de ela ser eleita. Essa decisão é conjunta de deputados e senadores”, afirmou Arantes. Questionado o que a decisão poderia trazer de benefício para a campanha nacional do PT, o deputado respondeu: “Pode trazer votos. A minha base é ampla em Goiás e meus prefeitos estarão comigo nesse processo. Então daremos a Dilma além do apoio político, votos”, afirmou.

(Com Estadão Conteúdo)