Clique e assine a partir de 9,90/mês

Zico projeta Recopa e crê em hegemonia do Flamengo: ‘Caminha para isso’

Maior ídolo da história do clube evita comparações entre time de 1981 e o atual e elogia fome de vitórias do time de Jorge Jesus

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 18h01 - Publicado em 17 fev 2020, 17h49

Zico está confiante para mais uma decisão do Flamengo. Na próxima quarta-feira 19, o time encara o Independiente del Valle, do Equador, em Quito, às 22h30, pelo primeiro jogo da Recopa Sul-Americana, competição que envolve os atuais campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Segundo o maior ídolo da história do clube rubro-negro, a equipe do técnico Jorge Jesus tem tudo para consolidar uma hegemonia de vitórias no futebol brasileiro.

Assista à Recopa Sul-Americana no DAZN: clique aqui para assinar o serviço de streaming que exibirá com exclusividade o confronto entre Flamengo x Independiente Del Valle, do Equador

“O grande problema de uma grande equipe é a continuidade, porque quando se chega no topo as cobranças são maiores. Se os jogadores entenderem que têm de se manter da mesma forma e tiverem gana de mais conquistas, o Flamengo tem tudo para seguir esse caminho”, afimou Zico, em entrevista a DAZN, que transmitirá a final com exclusividade para o Brasil.

O ex-jogador de 66 anos, que atualmente trabalha como diretor de futebol do Kashima Antlers, do Japão, elogiou a surpreendente equipe equatoriana e previu um duelo equilibrado. “Um desafio bom, importante por ser no início da temporada, então as equipes estão se desenvolvendo. Tem tudo para serem dois bons jogos, pela forma como as equipes jogam.” O jogo de volta acontece no dia 26, no Maracanã.

Continua após a publicidade

Por fim, Zico, campeão da América e Mundial pelo Flamengo em 1981, evitou comparações entre o time da década de 80 com o atual, mas fez questão de exaltar a fome de vitórias do time de Gabigol, Bruno Henrique e companhia.

“Não tem comparação, são épocas diferentes, situações diferentes, adversários, forma de jogar. A única coisa comparável é o espírito de equipe, de jogar um futebol bonito, a vontade de ser campeão… Agora, quem é melhor e quem é pior não existe, nós fomos melhores naquela época, eles são agora, e quem ganhou com isso foi o Flamengo.”

Zico disputou 732 jogos em duas passagens pelo Flamengo e, além da Libertadores e do Mundial de 1981, conquistou quatro Campeonatos Brasileiros e seis Campeonatos Cariocas.

Publicidade