Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Torcida do Flamengo no Maracanã enlouquece até estrangeiros

Festa proporcionada pela 'hinchada' rubro-negra encantou vizinhos da América do Sul e dominou as redes sociais

Por Leslie Leitão - Atualizado em 9 mar 2017, 16h14 - Publicado em 9 mar 2017, 16h05

O Flamengo não deixou boa impressão apenas pela facilidade com que goleou o argentino San Lorenzo por 4 a 0 na estreia da Copa Libertadores de 2017 nesta quarta-feira. A festa proporcionada pelos mais de 60.000 torcedores rubro-negros no reencontro com o Maracanã encantou torcedores de diversas partes da América do Sul. Nas redes sociais, estrangeiros exaltaram a força da “maior torcida do mundo” e a beleza do espetáculo nas arquibancadas.

Dezenas de torcedores vararam a madrugada anterior montando as peças do mosaico nas arquibancadas do Maracanã. Sofreram com a chuva que castigou a cidade naquela madrugada. Sete horas e meia depois, a festa estava montada, à espera dos outros 60.000 rubro-negros ‘convidados’. Os dizeres ficaram guardados a sete chaves até poucas horas antes de a bola rolar. “1981 – Isso aqui é Flamengo – 2017”.

A mensagem era um incentivo para o sonho do bicampeonato da Libertadores, depois de 36 anos. Nas arquibancadas, a emoção de fazer parte da festa. A recepção que bateu fundo na alma do técnico Zé Ricardo (“Com aquele mosaico, não tinha como não fazer uma partida no limite máximo”, disse) e da América Latina inteira que acompanhava o jogo transmitido pelo canal Fox Sports. “Espetacular!”, repetia o narrador.

O mosaico balançava aos gritos de “Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe ô!, Mengão do meu coração!”. No Twitter, colombianos, uruguaios, argentinos que viam o espetáculo pela tevê enlouqueciam em rasgados elogios: “

Publicidade

Publicidade