Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tite: ‘Neymar é diferente, não vou abrir mão dele’

Técnico da seleção brasileira afirmou que só não conta com o atacante se acontecer alguma "situação excepcional"

Por Luiz Felipe Castro - 6 jun 2019, 01h22

Tite voltou a ressaltar a importância de Neymar para a seleção brasileira após a vitória do Brasil sobre o Catar por 2 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O técnico afirmou que conta com o jogador, que vive um sério problema extracampo, após ser acusado de estuprar uma mulher.

“Neymar é um jogador diferente. Vou querer ter na equipe até a última situação pela sua qualidade técnica. Não vou abrir mão. A não ser por uma situação excepcional”, disse na coletiva de imprensa depois do amistoso.

Na noite desta quarta-feira, o drama de Neymar entrou em campo. O atacante saiu machucado aos 16 minutos do primeiro tempo após torcer o tornozelo direito, depois de dívida com o volante do Catar Assim Madibo.

Tite revelou que o tornozelo do atleta estava muito inchado no intervalo do jogo, mas não acha que a lesão seja muito grave. “Vamos ficar na torcida pra que ele não fique muito tempo fora”.

Continua após a publicidade

Neymar terá que se apresentar na sede da Polícia Civil no Rio de Janeiro na sexta-feira. O atacante vai depor sobre o vazamento da conversa com a mulher que o acusou de estupro.

O coordenador da seleção brasileira, Edu Gaspar, confirmou que os exames no tornozelo serão feitos da forma mais rápida possível nesta quinta-feira para que o jogador possa ir ao Rio. “Vamos esperar o resultado e liberar o atleta para que possa resolver seus problemas e ficar com a cabeça mais tranquila”, disse Edu.

Publicidade