Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Tite justifica Paulinho e Allan na lista – e diz que Fernandinho voltará

Treinador da seleção brasileira fez uma espécie de 'mea-culpa' e disse que volante do Napoli já deveria ter sido chamado anteriormente

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2020, 20h05 - Publicado em 26 out 2018, 12h51

Minutos depois de anunciar a lista de convocados para os amistosos de novembro contra Uruguai e Camarões, o técnico Tite justificou suas escolhas. O treinador da seleção brasileira fez elogios a Allan, do Napoli, chamado pela primeira vez, e explicou o retorno de Paulinho, do Guangzhou Evergrande. E também revelou que Fernandinho, do Manchester City, ausente desta vez, deve ganhar novas chances no futuro.

Bem-humorado, Tite fez uma espécie de mea-culpa ao dizer que Allan, de 27 anos, deveria ter sido chamado antes – triste por não ser lembrado, o jogador revelado pelo Vasco já cogitava aceitar convite da seleção italiana. “O Sylvinho (auxiliar da seleção) me pressionou para caramba. Deveria ter convocado antes”, brincou Tite. 

  • “O Allan tem ‘rodinha no pé’, faz infiltrações, ‘box-to-box’, rompe. Ele fez por merecer a convocação, e nós já estávamos monitorando a sua situação há algum tempo”, completou. O auxiliar técnico Sylvinho completou a análise. “Faz sete anos que o Allan está na Europa. (…) Você não vai ver um número de gols e passes avantajados, mas ele é dinâmico. Sabe fazer, executar funções no meio de campo. Ele está aqui por méritos.”

    Paulinho e Fernandinho prestigiados

    Titular durante a Copa do Mundo da Rússia, o jogador do Guangzhou Evergrande não havia sido chamado nas duas convocações pós-Mundial, mas retornou ao grupo desta vez. Segundo Tite, Paulinho, de 30 anos, pode seguir contribuindo com a seleção por suas qualidades ofensivas. “O Paulo tem lastro muito grande com a seleção brasileira. Se reinventou mais agressivo. O Paulinho é mais rompedor.”

    O treinador gaúcho fez questão de ressaltar que Fernandinho, do Manchester City, voltará a ser chamado. “Não veio, mas não que eu não quisesse. Ele vai retornar. Tem grandes virtudes morais e técnicas. Não sei para a Copa, mas pela qualidade técnica, pelo que vem jogando no City, pela qualidade moral”, disse. 

    Continua após a publicidade

    O jogador do City, que terá 37 anos no Mundial do Catar, falhou nas duas últimas Copas do Mundo, contra Alemanha e Bélgica. “Não vai ser acidente de percurso, uma bola que bate no ombro e entra, que vai retirá-lo da seleção”, disse Tite, se referindo ao gol contra de Fernandinho na eliminação para a Bélgica, nas quartas de final. 

    A seleção brasileira ficará concentrada a partir do dia 12 de novembro em Londres, na Inglaterra. No dia 16, realiza o primeiro amistoso, diante do Uruguai, e no dia 20, enfrenta a seleção de Camarões, ambas em solo inglês.

    Os convocados da seleção brasileira:

    Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City), Gabriel Brazão (Cruzeiro)

    Defensores: Danilo, Fabinho (Liverpool), Filipe Luis (Atlético de Madri), Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Dedé (Cruzeiro), Miranda (Inter de Milão)

    Meio-campistas: Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Paulinho (Guangzhou), Philippe Coutinho (Barcelona), Wallace (Hannover)

    Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City)Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Willian (Chelsea)

    Continua após a publicidade
    Publicidade