Tite justifica Paulinho e Allan na lista – e diz que Fernandinho voltará

Treinador da seleção brasileira fez uma espécie de 'mea-culpa' e disse que volante do Napoli já deveria ter sido chamado anteriormente

Por Da redação - Atualizado em 26 out 2018, 15h25 - Publicado em 26 out 2018, 12h51

Minutos depois de anunciar a lista de convocados para os amistosos de novembro contra Uruguai e Camarões, o técnico Tite justificou suas escolhas. O treinador da seleção brasileira fez elogios a Allan, do Napoli, chamado pela primeira vez, e explicou o retorno de Paulinho, do Guangzhou Evergrande. E também revelou que Fernandinho, do Manchester City, ausente desta vez, deve ganhar novas chances no futuro.

Bem-humorado, Tite fez uma espécie de mea-culpa ao dizer que Allan, de 27 anos, deveria ter sido chamado antes – triste por não ser lembrado, o jogador revelado pelo Vasco já cogitava aceitar convite da seleção italiana. “O Sylvinho (auxiliar da seleção) me pressionou para caramba. Deveria ter convocado antes”, brincou Tite. 

“O Allan tem ‘rodinha no pé’, faz infiltrações, ‘box-to-box’, rompe. Ele fez por merecer a convocação, e nós já estávamos monitorando a sua situação há algum tempo”, completou. O auxiliar técnico Sylvinho completou a análise. “Faz sete anos que o Allan está na Europa. (…) Você não vai ver um número de gols e passes avantajados, mas ele é dinâmico. Sabe fazer, executar funções no meio de campo. Ele está aqui por méritos.”

Paulinho e Fernandinho prestigiados

Titular durante a Copa do Mundo da Rússia, o jogador do Guangzhou Evergrande não havia sido chamado nas duas convocações pós-Mundial, mas retornou ao grupo desta vez. Segundo Tite, Paulinho, de 30 anos, pode seguir contribuindo com a seleção por suas qualidades ofensivas. “O Paulo tem lastro muito grande com a seleção brasileira. Se reinventou mais agressivo. O Paulinho é mais rompedor.”

Publicidade
Fernandinho na derrota para a Bélgica

Fernandinho na derrota para a Bélgica Francisco Seco/AP

O treinador gaúcho fez questão de ressaltar que Fernandinho, do Manchester City, voltará a ser chamado. “Não veio, mas não que eu não quisesse. Ele vai retornar. Tem grandes virtudes morais e técnicas. Não sei para a Copa, mas pela qualidade técnica, pelo que vem jogando no City, pela qualidade moral”, disse. 

O jogador do City, que terá 37 anos no Mundial do Catar, falhou nas duas últimas Copas do Mundo, contra Alemanha e Bélgica. “Não vai ser acidente de percurso, uma bola que bate no ombro e entra, que vai retirá-lo da seleção”, disse Tite, se referindo ao gol contra de Fernandinho na eliminação para a Bélgica, nas quartas de final. 

A seleção brasileira ficará concentrada a partir do dia 12 de novembro em Londres, na Inglaterra. No dia 16, realiza o primeiro amistoso, diante do Uruguai, e no dia 20, enfrenta a seleção de Camarões, ambas em solo inglês.

Os convocados da seleção brasileira:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City), Gabriel Brazão (Cruzeiro)

Publicidade

Defensores: Danilo, Fabinho (Liverpool), Filipe Luis (Atlético de Madri), Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Dedé (Cruzeiro), Miranda (Inter de Milão)

Meio-campistas: Allan (Napoli), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Paulinho (Guangzhou), Philippe Coutinho (Barcelona), Wallace (Hannover)

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City)Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Willian (Chelsea)

Publicidade