Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Salah cumprirá jejum do Ramadã durante a final da Champions

De acordo com jornal egípcio, jejum não atrapalhará jogador na decisão

Por EFE 23 Maio 2018, 12h21

O atacante egípcio Mohamed Salah, destaque do Liverpool na temporada, fará o jejum do Ramadã, o período sagrado para os muçulmanos, durante a decisão da Liga dos Campeões contra o Real Madrid no próximo sábado, de acordo com o jornal egípcio Al-Masry Al-Youm. Segundo a publicação, pessoas próximas ao jogador afirmaram que ele rejeitou “descumprir o jejum para a final” em Kiev e que treinará em jejum.

  • O mês do Ramadã, que começou no dia 17 de maio e dura entre 28 e 29 dias, tem um grande simbolismo para os muçulmanos, que se abstêm de comer, beber, fumar e manter relações sexuais, entre outras atividades, entre o nascer e o pôr do sol.

    Saiba como funciona o mês sagrado do Islâ

    Segundo as fontes do jornal, o jejum “não afetará” o jogador durante a final da Champions, que ocorrerá às 21h45 do horário ucraniano (cerca de uma hora antes do pôr do sol local). Sua família, como costuma fazer antes que o atacante jogue partidas importantes, sacrificará três bezerros para abençoá-lo.

    Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

    Eleito o melhor jogador do Campeonato Inglês, do qual também foi o artilheiro com 32 gols, Salah é visto como um ídolo por todo o povo egípcio, principalmente desde que marcou o gol que classificou a seleção para a Copa do Mundo, após 28 anos de ausência no torneio.

    Outros muçulmanos em campo

    Sadio Mané  Alberto Lingria/Reuters

    Há mais quatro atletas muçulmanos envolvidos na final de Kiev. Pelo lado do Liverpool, o senegalês Sadio Mané e o alemão Emre Can, e o francês Karim Benzema e o marroquino Achraf Hakimi (reserva, não deve atuar), pelo Real Madrid. Não há informações, no entanto, se eles cumprirão o jejum. 

    (com agência EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade