Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Presidente do PSG quer ataque com Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo

Revelado por jornal espanhol, plano audacioso foi chamado de 'um sonho quase impossível' e dependeria da saída de Kylian Mbappé

Por Da Redação Atualizado em 3 Maio 2021, 12h27 - Publicado em 29 abr 2021, 10h57

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, alimenta esperanças de formar um ataque espetacular para a próxima temporada composto por Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar. A informação foi publicada pelo jornal espanhol Sport. O plano é chamado de “um sonho praticamente impossível” e envolveria a desistência na manutenção de Kylian Mbappé.

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

O projeto ganhou força com as especulações sobre o desejo de Cristiano Ronaldo de deixar a Juventus ao final da temporada. O astro português de 36 anos ainda tem contrato com o clube até junho de 2022.

  • De acordo com informações da TNT Sports, o PSG já ofereceu um contrato de dois anos a Messi, com opção de renovação por mais uma temporada. O jogador de 33 anos tem poucos meses de vínculo com o clube espanhol, que vive grave crise financeira e não possui garantias de que possa oferecer um bom contrato por sua permanência.

    Em recente entrevista à emissora TV3, o atacante uruguaio Luis Suárez, ex-companheiro de Barcelona e amigo íntimo do argentino, afirmou que sugeriria para Messi não deixar o clube. “Se me perguntasse, como amigo, diria a ele que não o vejo em outro lugar que não seja o Barcelona”, disse o jogador do Atletico de Madrid. “O melhor seria ter um fim da carreira de três, quatro, cinco ou seis anos no lugar onde você foi mais feliz”, completou.

    Continua após a publicidade

    Neymar, por sua vez, tem contrato até junho de 2022, mas negociações avançadas para estender o vínculo com o PSG. Após desacertos, com ligações constantes sobre uma possível saída, o camisa 10 admitiu novamente, na véspera da primeira semifinal contra o Manchester City, que há conversas para renovar o vínculo, exaltando o novo momento que vive em Paris.

    “Não tem mais o que falar sobre isso, tenho dois anos de contrato. Estamos conversando com o Paris. Vamos fazer o que for melhor para todo mundo, já falei que estou feliz aqui, que me sinto muito melhor do que nas últimas temporadas. Me sinto cada vez mais à vontade”, disse o atacante, que não escondeu as dificuldades de adaptação que enfrentou.

    Mbappé, por sua vez, também tem apenas mais um ano de contrato com o clube francês e desperta interesse dos principais da Europa. Um forte candidato a contratá-lo é o Real Madrid. O principal entrave para reunir as três estrelas seria a viabilidade econômica. A equipe precisaria ainda se adequar ao fair play financeiro da Uefa, reunir as três estrelas sem ultrapassar os números estipulados pela entidade. Por isso, o plano ainda é tratado como um sonho no clube francês.

    Continua após a publicidade
    Publicidade