Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar: ofensas no PSG, ofertas do Real Madrid e ultimato do Barcelona

Destino deve ser mesmo a Espanha: o clube da capital tem a preferência do PSG; o da Catalunha, a de Neymar. Queda de braço deve acabar esta semana

A situação de Neymar no Paris Saint-Germain parece ter chegado a um ponto insustentável para ambos os lados. No domingo 11, torcedores do clube francês levaram faixas e entoaram ofensas contra o jogador brasileiro durante a vitória por 3 a 0 sobre o Nimes, na estreia do Campeonato Francês, da qual o camisa 10 não participou. O caminho de Neymar parece ser mesmo um retorno à Espanha. E agora Real Madrid e Barcelona travam mais um “clássico” no mercado. O primeiro tem a preferência do PSG; o segundo, de Neymar.

Apesar de já treinar normalmente, o atacante brasileiro não foi relacionado para o jogo nem deu as caras nos camarotes do Parque dos Príncipes. Uma faixa com a mensagem “Neymar, Casse Toi” (Neymar, vaza daqui, em tradução livre) destacou-se no setor destinado à torcida organizada do PSG, onde os presentes ainda cantaram “Neymar filho da p…”, em espanhol. Na megaloja oficial do clube, localizada em frente ao estádio, o rosto de Neymar, até então principal garoto-propaganda do PSG, também praticamente sumiu.

Depois da partida, o técnico Thomas Tuchel adotou um discurso de paz. “Entendo e não entendo a reação da torcida. Hoje em dia, as emoções são assim, à flor da pele. Mas Neymar ainda é meu jogador. Sendo assim, vou sempre protegê-lo. Posso compreender que não gostem do que diz ou faz, mas é preciso encontrar outro nível para se expressar”, afirmou o alemão. Há, no entanto, poucas chances de uma reconciliação. O brasileiro Leonardo, novo diretor de futebol do clube, sabe disso e vem conduzindo as negociações para se livrar de Neymar nas melhores condições possíveis – para o PSG.

O atacante avisou há meses que seu objetivo é retornar ao Barcelona, de onde se arrepende amargamente de ter saído em 2017, ao preço recorde de 222 milhões de euros. Já o PSG, magoado com a forma como Neymar conduziu todas a situação, está disposto a tudo, até a perder algum dinheiro, para evitar a volta do craque à Catalunha. Tanto que, em um “plano de vingança“, o ofereceu a Juventus, Manchester United e Real Madrid. O último foi quem mais demonstrou interesse.

Segundo informações desta segunda-feira, 12, do site francês portal francés Le10Sport, o Real Madrid fez um “baile de ofertas” ao PSG e colocou à disposição dos parisienses moedas de troca como James Rodríguez, Isco, Thibaut Courtois e Keylor Navas. O clube da capital espanhola, no entanto, quer uma resposta rápida de Neymar, pois teme que o estafe do jogador esteja usando o Real Madrid como “isca” para que o Barcelona entre em cena.

Sabe-se que o desejo de Neymar é reencontrar Lionel Messi e companhia, o que ficou claro em diversas “indiretas”, como quando recentemente recordou a goleada por 6 a 1 pelo Barça sobre o próprio PSG como um dos melhores momentos de sua carreira. O atacante, porém, vem dando pistas de que aceitaria jogar no Real Madrid –  na semana passada, compartilhou uma foto antiga ao lado do técnico Zinedine Zidane, aumentando ainda mais os rumores. Mas o fato é que Neymar não é uma unanimidade nem em Madri, muito menos em Barcelona. Com a imagem arranhada por tantas polêmicas, o jogador enfrenta resistência de boa parte de diretoria e torcida. E sabe que o PSG tentará recuperar parte do alto investimento.

Ultimato do Barcelona

Segundo informações do diário catalão Sport, o Barcelona preparou um “ultimato” para o PSG. E aposta em outro brasileiro, Philippe Coutinho, para tentar convencer o catari Nasser Al-Khelaifi, mandatário do PSG. O clube catalão já colocou o meia da seleção brasileira à disposição e admite envolver outros atletas, como o croata Ivan Rakitic e o francês Ousmane Dembelé, no negócio. O clube acredita que o desfecho do caso deve ocorrer nesta semana.