Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Gordon Banks, goleiro da ‘defesa do século’ contra Pelé

Inglês, que tinha 81 anos, foi campeão do mundo em 1966 e parou uma cabeçada do brasileiro na Copa de 1970, em um dos lances mais célebres do esporte

O ex-goleiro inglês Gordon Banks, responsável pela chamada “defesa do século”, em cabeçada de Pelé na Copa de 1970, morreu na madrugada desta terça-feira, 12, na Inglaterra, aos 81 anos. Goleiro do único título inglês de Copa do Mundo, em 1966, Banks fez história jogando pelo Stoke City e Leicester City, ambos clubes ingleses.

O arqueiro, que também atuou por times dos Estados Unidos, Irlanda e África do Sul, lutava contra um câncer no rim e fazia sessões de quimioterapia. Deixa a mulher, Ursula, e seus três filhos, Julia, Robert e Wendy.

O ex-jogador recebeu visitas de ex-companheiros de Stoke City recentemente, enquanto tratava da doença. Em sua conta de Twitter, o clube fez o anúncio de sua morte na manhã desta terça-feira. “Da família de Gordon Banks. É com grande tristeza que anunciamos que Gordon morreu pacificamente nesta madrugada. Estamos devastados por perdê-lo, mas temos memórias felizes e não poderíamos estar mais orgulhosos dele.”

A Federação Inglesa de Futebol também fez sua despedida em sua conta oficial no Twitter. “Estamos muito tristes em saber que Gordon Banks, nosso goleiro campeão do mundo, morreu. Nossos sentimentos estão com os amigos, famílias e torcedores de Gordon nesse momento difícil.”

Considerado um dos melhores goleiros da história do futebol, Banks foi campeão do mundo pela Inglaterra em 1966, mas seu lance mais célebre foi a “defesa do século“, realizada no dia 7 de junho de 1970, na Copa do Mundo do México. No estádio Jalisco, em Guadalajara, Jarizinho cruzou uma bola da direita e Pelé cabeceou com perfeição para o chão, no canto direito de Banks. O camisa 10 e Tostão chegaram a levantar os braços para comemorar o gol, mas foi Banks que saiu como herói, ao defender a bola que já havia passado por seu corpo. Ele foi eleito o goleiro do ano pela Fifa de 1966 a 1971.

Gordon Banks, da Inglaterra, defendendo uma cabeçada de Pelé; o lance, na Copa do México-1970, ficou conhecido como "a defesa do século"

Gordon Banks, da Inglaterra, defendendo uma cabeçada de Pelé; o lance, na Copa do México-1970, ficou conhecido como “a defesa do século” (Lemyr Martins/VEJA)