Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Messi sobre a Copa América: ‘Não somos favoritos como antes’

Atacante do Barcelona falou sobre a nova geração argentina e sonho distante de vencer uma Copa do Mundo

Lionel Messi declarou nesta quarta-feira, 5, que a seleção argentina, pela primeira vez nos últimos anos, não entra como favorita na Copa América, que começa no próximo dia 14, no Brasil. O atacante do Barcelona, em entrevista à TV argentina Tyc Sports, também revelou que ainda sofre mentalmente com a eliminação para o Liverpool, na semifinal da Liga dos Campeões.

Tabela completa de jogos da Copa América 2019

“Temos a mesma vontade de sempre, mas a realidade é que a Argentina está passando por um processo de renovação. Para a maioria dos jogadores, é a primeira competição oficial. Não somos candidatos como outras vezes. Chegarei à Copa América mais cansado e frustrado mentalmente do que fisicamente, por causa da eliminação para o Liverpool”, admitiu.

A Argentina bateu na trave nas últimas duas edições do torneio continental, em 2015 e 2016, quando caiu duas vezes na final para o Chile. Liderados por Messi, os argentinos também amargaram o segundo lugar na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e foram eliminados do Mundial de 2018 para a campeã França, nas oitavas de final, deixando o maior sonho do craque do Barcelona mais distante. “Tivemos um grupo impressionante, mas está cada vez mais difícil. Deus dirá se ainda será possível (vencer a Copa), é o maior sonho que ainda tenho de cumprir”.

Messi, em tom descontraído, revelou que seu filho mais novo Mateo, de 3 anos, torce para o Real Madrid para irritar o irmão Thiago, de 6, que torce pelo Barcelona. “Jogávamos em casa e ele dizia ‘eu sou Liverpool, que ganhou de vocês. O Valencia venceu vocês (na final da Copa do Rei), eu sou Valencia’. Ele até comemora gols do Real Madrid para irritar o irmão. Diz que é torcedor do Madrid”, contou, dando risada.

A Argentina estreia na Copa América no dia 15 de junho contra a Colômbia, às 19h, na Arena Fonte Nova. Ainda pelo Grupo B, os argentinos irão ao Mineirão no dia 19 para enfrentar o Paraguai, às 21h30 e encerram a participação na fase de grupos no dia 23, às 16h, contra o Catar, na Arena do Grêmio.