Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Melhor Copa de Cristiano Ronaldo pode ter desfecho dramático

Um dos artilheiros da Copa, Cristiano lidera Portugal em jogo decisivo que pode mudar a bela história que o atacante está escrevendo em 2018

Por Danilo Monteiro - Atualizado em 25 jun 2018, 16h40 - Publicado em 24 jun 2018, 21h40

Cristiano Ronaldo e Portugal terão um jogo crucial contra a seleção do Irã nesta segunda-feira, a partir das 15h de Brasília), no Estádio Kaliningrado. Um dos artilheiros da competição, o atacante português é até o momento o melhor jogador desta edição da Copa do Mundo de 2018, mas um fracasso contra iranianos pode dar fim precoce ao belo voo do craque.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo de 2018

A estreia de Cristiano Ronaldo em Copas foi em 2006, na Alemanha, quando tinha 21 anos de idade, ainda na sombra de Luís Figo, ex-jogador do Real Madrid. O atacante marcou um gol e a seleção portuguesa foi eliminada na semifinal pela França por 1 a 0. Na segunda participação, em 2010, na África do Sul, Cristiano chegou já com o rótulo de melhor do mundo, porém a situação física do atacante e o esquema extremamente defensivo de Portugal ofuscaram seu jogo e os portugueses caíram nas oitavas-de-final para a Espanha, por 1 a 0.

Em 2014, no Brasil, o roteiro de Ronaldo foi semelhante ao de 2010: físico abaixo do esperado, vindo de lesão no joelho. No entanto, a participação de Portugal foi ainda pior do que em 2010, perdendo a vaga nas oitavas para a modesta seleção dos Estados Unidos. Os portugueses foram, por fim, humilhados pela Alemanha na estreia com um sonoro 4 a 0.

Diferentemente das últimas duas edições do Mundial, Cristiano Ronaldo chegou à Rússia 100% fisicamente e ainda no auge, apesar dos 33 anos de idade. A mudança de postura dentro de campo, atuando mais como um camisa 9, os dias e jogos de descanso dados por Zinedine Zidane, seu ex-técnico no Real Madrid, contribuíram para esse rejuvenescimento de Ronaldo – que declarou, no último mês, ter idade biológica de 23 anos.

Publicidade

Cristiano foi campeão da Eurocopa de 2016 com Portugal, o que levou os portugueses a serem um dos favoritos entre os emergentes de segundo escalão na Rússia. Entretanto, ninguém previa que o jogador chegaria no auge de seu futebol na Copa 2018, literalmente carregando a seleção portuguesa, assumindo toda a pressão e lutando para salvar o time.

Após marcar três gols contra a Espanha na estreia, o atacante enfrentará uma final particular contra o Irã: a partida representa um confronto direto pela vaga nas oitavas. Uma derrota não apagará o que Cristiano Ronaldo fez individualmente, mas mudará completamente a relevância do feito do português em 2018. Para que a história do gajo seja contada com louros de glória, Portugal precisará de uma vitória ou empate para avançar na Copa.

Publicidade