Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lyon atropela o Monaco na estreia de Sylvinho como técnico

Ex-auxiliar de Tite na seleção brasileira, o agora treinador fez seu primeiro jogo oficial pelo time francês

O brasileiro Sylvinho chutava com a perna esquerda nos tempos de jogador, mas, como reza o chavão da bola, estreou com “pé direito” em seu primeiro compromisso como treinador. Mesmo jogando fora de casa, sua equipe, o Lyon, não tomou conhecimento do Monaco e venceu por 3 a 0 na abertura da Ligue 1, na tarde desta sexta-feira, 9, no Principado.

Moussa Dembélé abriu o placar logo aos cinco minutos. As coisas ficaram mais fáceis para o Lyon quando o árbitro utilizou o VAR para expulsar o espanhol Cesc Fàbregas por um pisão em Léo Dubois. Memphis Depay e Lucas Tousart completaram o placar.

Sylvinho começou o jogo com Thiago Mendes, ex-São Paulo e recém-contratado do Lille, entre os titulares. Jean Lucas, ex-Flamengo e Santos, entrou no segundo tempo. Do lado do Monaco, o zagueiro Jemerson, ex-Atlético Mineiro, jogou como volante e o meia Gabriel Boschilia, revelado pelo São Paulo, foi a campo na segunda etapa.

Sylvinho, de 45 anos, foi um lateral-esquerdo revelado pelo Corinthians e que teve passagens por Arsenal, Celta de Vigo, Barcelona e seleção brasileira. Encerrou sua carreira em 2010 no Manchester City e, já no ano seguinte, se tornou assistente no Cruzeiro.

Também trabalhou na comissão técnica de outros clubes brasileiros e na Inter de Milão, até chegar à seleção brasileira em 2016. Depois de três anos ao lado de Tite como auxiliar, resolveu buscar protagonismo e aceitar o convite de Juninho Pernambucano, dirigente do Lyon, e assumir o comando do clube.