Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Luan, do Grêmio, é eleito ‘Rei da América’ de 2017

Atacante campeão da Libertadores venceu tradicional eleição do jornal uruguaio 'El País'. Tite o foi campeão entre os técnicos

O atacante Luan, do Grêmio, fechou o ano de 2017 com chave de ouro ao ser eleito neste domingo ao conquistar o prêmio “Rei da América”, concedido anualmente pelo jornal uruguaio El País ao melhor jogador do continente. Tite, da seleção brasileira, venceu entre os treinadores.

Luan recebeu 182 dos 368 votos de jornalistas esportivos do continente. Com 49,46%, ele superou com sobras o atacante peruano Paolo Guerrero, do Flamengo, que teve 17,66%, e seu colega de Grêmio Arhur (12,50%). O diário, que realiza a eleição há 32 anos, destaca o desempenho de Luan no título da Copa Libertadores, da qual foi o vice-artilheiro com oito gols.

O goleiro gremista Marcelo Grohe, foi o sétimo na lista geral, e apareceu na seleção do ano. Outros três brasileiros foram lembrados, com um voto cada um: Everton Ribeiro, do Flamengo, , do Corinthians, e Lucas Lima, do Santos. O campeão do ano passado foi o colombiano Miguel Borja, então no Atlético Nacional, que viveu ano ruim no Palmeiras.

Tite na coletiva da seleção brasileira

Tite não perdeu nenhum jogo oficial pela seleção (Pedro Martins/Mowa Press)

Entre os treinadores, Tite foi o vencedor após um ano espetacular à frente da seleção brasileira. O gaúcho obteve 112 votos (30,43%), e superou os argentinos Ricardo Gareca, da seleção peruana (25,27%) e Ariel Holan, campeão da Sul-Americana com o Independiente (14,40%). Renato Gaúcho, do Grêmio, terminou em quarto, com 8,70%.

Seleção do ano

O jornal também escolheu sua seleção de 2017 com quatro brasileiros, todos do clube gaúcho: Marcelo Grohe (Grêmio); José Luis Gómez (Lanús), Pedro Geromel (Gremio), Diego Braghieri (Lanús), Nicolás Tagliafico (Independiente); Arthur (Gremio), Lautaro Acosta (Lanús), Ezequiel Barco (Independiente); Luan (Gremio); José Sand (Lanús) e Paolo Guerrero (Flamengo)

Seleção do ano de 2017 segundo o jornal uruguaio 'El País'

(El País/Reprodução)

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Eleito o rei da América é fácil, quando se tem adversários fracos tipo, Botafogo, Barcelona do Equador e Lanús. Quando pegou um time realmente qualificado como o Real, o Luanel Messi pipocou. Me digam, qual adversário forte o Grêmio pegou na libertadores. Mais isso não tira o Mérito do Grêmio e principalmente do Renato Gaúcho, pois eles não tem nada com isso se os adversários são fracos.

    Curtir

  2. Ricardo Silva

    é mais um artista de teatro como muitos dentro e fora do campo.

    Curtir