Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Libertadores: Fluminense vence o Cerro e Atlético empata com o Boca

Equipe carioca se aproximou das quartas de final com triunfo em Assunção; jogos tiveram polêmicas de arbitragem com decisões a favor dos brasileiros

Por Da Redação Atualizado em 13 jul 2021, 23h06 - Publicado em 13 jul 2021, 21h13

As oitavas de final da Copa Libertadores foram abertas nesta terça-feira, 13, com bons resultados de clubes brasileiros. Em Assunção, o Fluminense bateu o Cerro Porteño por 2 a 0, com gols de Nenê e Egídio. Já em Buenos Aires, o Atlético Mineiro empatou em 0 a 0 com o Boca Juniors.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Ambas as partidas foram realizadas sem a presença de público em razão da pandemia do novo coronavírus e foram marcadas por decisões polêmicas da arbitragem, ambas em favor dos times do Brasil.

Mesmo sem poder contar com o artilheiro Fred, o Fluminense deu sequência à sua excelente campanha na competição e superou o Cerro no Defensores Del Chaco com gols na segunda etapa. Antes, porém, no primeiro tempo, a equipe paraguaia chegou a abrir o placar com o argentino Mauro Boselli, mas o lance foi invalidado pelo assistente, que assinalou impedimento de forma equivocada. Como a marcação ocorreu antes de a bola entrar, o VAR não pôde corrigir o erro.

  • Logo no início da segunda etapa, o Fluminense marcou o primeiro com o meia Nenê, de 39 anos, que acertou um bonito chute da entrada da área. O segundo veio em contra-ataque que terminou com sobra para o lateral Egídio encher o pé.

    Na Bombonera, o Atlético, que montou um elenco caro e qualificado e sonha com o bicampeonato, arrancou um bom empate sem gols contra o tradicional Boca Juniors. O jogo foi amarrado e com poucas chances de gols.

    A bola até chegou a entrar aos 33 minutos, quando Diego González tocou de cabeça na saída do goleiro Everson. No entanto, após longos sete minutos, o tento foi anulado com o auxílio do VAR, que viu empurrão de Norberto Briasco em Nathan Silva, no início da jogada. O lance enfureceu os atletas do Boca. 

    Os jogo de volta acontecem na próxima terça-feira, 20, às 19h15 (de Brasília) no Mineirão e no Maracanã.O Fluminense pode até perder por um gol de diferença, enquanto o Atlético depende de uma vitória simples para avançar. Empate com gols beneficia o Boca, que não sofreu gols como mandante.

    Quem passar de Fluminense e Cerro enfrentará nas quartas de final o ganhador do confronto entre Vélez Sarsfield, da Argentina, e Barcelona do Equador, que se enfrentam na quarta-feira 14, enquanto Atlético ou Boca enfrentarão um argentino: River Plate ou Argentinos Juniors.

    Continua após a publicidade
    Publicidade