Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Governo de SP anuncia jogos com público a partir de 1º de novembro

Expectativa de João Doria é ter 90% da população adulta vacinada até lá, com público reduzido e uso de máscara nos estádios; medida também vale para shows

Por Da Redação Atualizado em 5 ago 2021, 08h56 - Publicado em 4 ago 2021, 18h22

O governo de São Paulo estabeleceu nesta quarta-feira, 4, uma data para o retorno das torcidas aos estádios do estado. A reabertura das arquibancadas está prevista, sob uma série de protocolos, para 1º de novembro, bem shows com público em pé e pistas de dança.

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado, disse que a expectativa é que ao menos 90% da população adulta do estado esteja completamente imunizada com a vacina da Covid-19. Ele explicou que a retomada se dará em número reduzido.

“Os eventos passam a ser permitidos em um modelo onde não há restrição de ocupação, mas permanece a restrição de distanciamento. Então, o cálculo de ocupação precisa ser realizado, porque não pode haver aglomeração, e as pessoas precisam estar distanciadas. O uso de máscaras permanece”, avisou Patrícia Ellen.

  • Haverá ainda, segundo ela, exigência de um comprovante de vacinação, uso obrigatório de máscaras e distanciamento de um metro entre os presentes, seguindo o que vem ocorrendo há alguns meses em eventos na Europa (na maioria das vezes, o veto a aglomerações não é respeitado). Os estádios paulistas não recebem público desde março do ano passado, quando a pandemia foi decretada no Brasil.

    Recentemente, o Flamengo conseguiu mandar uma partida válida pela Libertadores com presença de 25% da capacidade público, em Brasília. A expectativa é que as arquibancadas pelo país comecem a ser abertas ainda em agosto.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade