Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Flamengo perde no Morumbi, mas é campeão brasileiro com tropeço do Inter

Oitavo título do Brasileirão, o segundo consecutivo, veio após derrota por 2 a 1 para o São Paulo. Colorado ficou no empate com o Corinthians

Por Da Redação Atualizado em 25 mar 2021, 21h53 - Publicado em 25 fev 2021, 23h36

Foi com drama e emoção até o fim. O Flamengo conquistou seu oitavo título do Campeonato Brasileiro, o segundo de forma consecutiva, mesmo perdendo por 2 a 1 para o São Paulo, no Morumbi, na noite desta quarta-feira, 25. O título veio graças a outro tropeço: com o resultado na capital paulista, o segundo colocado Internacional só precisava de uma vitória simples contra o Corinthians, no Beira-Rio, para encerrar um jejum de 41 anos sem o título nacional, mas ficou no 0 a 0. Foi a primeira vez desde 2011 que o Brasileirão foi decidido apenas na última rodada.

Apesar do desânimo por ter despencado na reta final do campeonato, o São Paulo também  precisava da vitória, que lhe garantiria o quarto lugar e, assim, uma vaga direta na próxima Copa Libertadores. O jogo foi tenso, com 32 faltas, sendo 17 da equipe paulista, que marcou especialmente firme a saída de bola do rubro-negro.

O Flamengo teve maior posse de bola no primeiro tempo, mas sofreu para penetrar na defesa tricolor, que nesta quarta foi montada com três zagueiros – a escolha passou pelo futuro técnico, o argentino Hernán Crespo, que ficou na arquibancada, enquanto o interino Marcos Vizolli comandou o time à beira do campo.

  • Aos 18 minutos, o São Paulo pediu pênalti de Isla em contato com Igor Vinícius na área. No início da jogada, havia dúvida se a bola teria ou não batido no braço de Daniel Alves. O árbitro Rodolpho Toski não assinalou a penalidade e o VAR não recomendou a revisão.

    O gol do São Paulo saiu já nos acréscimos, aos 49, em cobrança de falta na entrada da área. Luciano bateu forte, no canto do goleiro Hugo, que deu um passo para o lado e não conseguiu alcançar a bola. No sul, Inter e Corinthians empatavam sem gols – a equipe gaúcha teve um pênalti e um gol anulados pelo VAR.

    O time dirigido por Rogério Ceni precisava de gols e iniciou a segunda etapa pressionando. O empate saiu logo aos cinco minutos, em escanteio cobrado por De Arrascaeta; Gustavo Henrique desviou e Bruno Henrique completou para as redes. O São Paulo voltou à frente aos 13 minutos quando o goleiro Hugo errou uma reposição de bola; Daniel Alves dominou bem e serviu Pablo, que tocou por baixo do jovem goleiro rubro-negro.

    O Flamengo precisava de dois gols, mas perdeu seu principal artilheiro, Gabriel Barbosa, com lesão na coxa. Pedro entrou em seu lugar. O clube carioca sofria para criar e, nos minutos finais, já estava mais preocupado com a partida em Porto Alegre, que seguia empatada sem gols. O jogo terminou em São Paulo justamente no momento em que o Inter marcou com Edenílson, mas o gol foi anulado novamente por impedimento.

     

    Bruno Henrique cumprimenta o técnico Rogério Ceni após gol no Morumbi -
    Bruno Henrique cumprimenta o técnico Rogério Ceni após gol no Morumbi – Nelson Almeida/AFP

    Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

    Continua após a publicidade
    Publicidade