Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em meio à greve por atraso de salários, Figueirense anuncia 8 reforços

Jogadores que optaram por W.O. no último jogo da Série B para lutar por seus direitos foram surpreendidos com a contratação de novos atletas

A situação dos jogadores do Figueirense continua delicada após o W.O. na última terça-feira, 20, contra o Cuiabá, pela 17ª rodada da Série B. Os atletas, em greve por atraso de salários, foram surpreendidos na quarta, quando foram ao estádio Orlando Scarpelli para tentar acordo com o jurídico do clube e se depararam com a presença de reforços contratados pela diretoria.

Tabela completa de jogos do Campeonato Brasileiro Série B 2019

Temendo uma debandada, o Figueirense acertou com oito jogadores para a sequência da Série B, a maioria jovens que chegaram por empréstimo. O nome mais conhecido é o do atacante Everton Santos, com passagens por Corinthians e Fluminense, que iniciará sua terceira passagem pelo Figueirense. A presença de novos jogadores causou estranheza aos que já estão com três meses de salários atrasados.

Segundo o meia Tony, já houve uma conversa com os reforços para que todos tenham consciência da situação.”No momento que estamos vivendo, o clube apresenta novos jogadores… É normal no futebol, mas não numa situação que estamos vivendo hoje. Eu acho que para o torcedor, para nós, para cada um que veste a camisa do Figueirense, é difícil entender. Com tantos atrasados, chegar e ver novos jogadores é complicado. Serão bem recebidos. Cada um falou um pouco. Só queríamos que eles soubessem”, disse.

Os atletas do Figueirense estão em greve porque não recebem salários há três meses. O clube já havia atrasado o pagamento em julho, mas, para evitar o protesto, assinou um termo de responsabilidade se comprometendo a cumprir com os vencimentos, o que não aconteceu e mobilizou os jogadores a não entrarem em campo contra o Cuiabá. Segundo o regulamento da Série B, o Figueirense será rebaixado em caso de um novo W.O e por isso contratou novos atletas.

Quatro jogadores chegaram por empréstimo do Athletico-PR, todos tendo entre 19 e 22 anos. São eles o zagueiro Walber, o meia Demethryus, o lateral-direito Danilo Boza e o zagueiro Lucas de Andrade. Além deles, também por empréstimo, o volante Christian, de 23 anos, do América-MG. Entre os mais experientes estão o lateral-esquerdo Raphael Soares, que estava no Santa Cruz, o meia Léo Costa, ex-Pelotas, e o atacante Everton Santos, que estava no futebol indiano.

Nova proposta

O Figueirense anunciou nesta quinta-feira, 22, em suas redes sociais, que colocou em dia o salário de outros funcionários do clube e, por meio de negociações, promete realizar o pagamento dos vencimentos dos atletas até o dia 28 de agosto. A medida, no entanto, não agradou os atletas.

“Conforme ratificado no termo de compromisso assinado com a Associação Figueirense, o Figueirense informa que a regularização dos pagamentos de 2019 segue sendo feita até o dia 28 de agosto. Os salários dos funcionários, incluindo os da sede e do Centro de Formação e Treinamento (CFT) do Cambirela, foram colocados em dia nesta quinta-feira (22). As categorias sub-15 e sub-17 estão trabalhando normalmente e receberam duas ajudas de custo. O mesmo vale para as respectivas comissões técnicas. As pendências anteriores serão equacionadas a partir de negociações pontuais, como já ocorreram nas últimas semanas e foram aceitas por jogadores profissionais, como o volante Zé Antônio, e fornecedores”, comunicou o clube.

View this post on Instagram

⠀ Conforme ratificado no termo de compromisso assinado com a Associação Figueirense, o Figueirense Futebol Clube informa que a regularização dos pagamentos de 2019 segue sendo feita até o dia 28 de agosto. ⠀ Conforme o planejamento financeiro preestabelecido pela diretoria, os salários dos funcionários, incluindo os da sede e do Centro de Formação e Treinamento (CFT) do Cambirela, foram colocados em dia nesta quinta-feira (22). ⠀ As categorias sub-15 e sub-17, que também estão trabalhando normalmente, receberam duas ajudas de custo neste dia (22). O mesmo vale para as respectivas comissões técnicas. ⠀ As pendências anteriores serão equacionadas a partir de negociações pontuais, como já ocorreram nas últimas semanas e foram aceitas por jogadores profissionais, como o volante Zé Antônio, e fornecedores.

A post shared by Figueirense Futebol Clube (@figueirenseoficial) on

Horas depois, os atletas convocaram a imprensa para protestar contra o posicionamento do clube. O volante Zé Antônio disse que apenas parte das dívidas foram pagas e considerou que a inclusão de seu nome na nota teve o objetivo de colocá-lo contra a torcida.