Clique e assine a partir de 9,90/mês

Daniel Alves tem lesão confirmada e será reavaliado antes da Copa

Com entorse no joelho, lateral do PSG passará por três semanas de recuperação até ser novamente examinado, duas semanas antes da estreia do Mundial

Por Da redação - Atualizado em 9 Maio 2018, 14h42 - Publicado em 9 Maio 2018, 11h30

O técnico Tite ganhou uma dor de cabeça, uma semana antes da convocação da seleção brasileira para a Copa do Mundo da Rússia. O lateral-direito Daniel Alves realizou exames na manhã desta quarta-feira em Paris e foi constatada uma lesão no joelho direito que o manterá afastado por pelo menos três semanas, quando uma nova avaliação será feita. O jogador do PSG se lesionou na final da Copa da França, contra o Les Herbiers, nesta terça-feira, e corre risco de não disputar o Mundial.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

Os testes desta quarta-feira apontaram um estiramento do ligamento lateral do joelho direito de Daniel Alves. Não será necessária a realização de cirurgia. “Após o traumatismo do joelho direito de Dani Alves, os exames realizados hoje mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de três semanas de cuidados antes de nova avaliação”, informou nota divulgada pela assessoria do jogador

Tite anunciará a lista de convocados para a Copa na próxima segunda-feira, às 14h, na sede da CBF, no Rio. Com a indefinição sobre Daniel Alves, é possível que o técnico convoque um jogador a mais na lateral-direita (Fagner, do Corinthians, Danilo, do Manchester City, e Rafinha, do Bayern de Munique, brigam por vaga), e deixe o lateral do PSG em “stand-by” – uma pré-lista de 30 a 35 nomes será enviada a Fifa, mas não será divulgada pela CBF.

Caso possa retornar aos treinos dentro de três semanas, Daniel Alves pegaria o início da preparação da seleção em Londres, no CT do Tottenham, que começa a partir de 28 de maio. A estreia no Mundial será em 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov.

Publicidade