Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Atrás de Pelé, Mbappé se torna o 2º mais jovem a marcar em final de Copa

Com 19 anos e seis meses de idade, francês anotou o quarto gol da vitória francesa por 4 a 2 sobre a Croácia; Pelé, aos 17, fez dois contra a Suécia em 1958

Por Da Redação - Atualizado em 15 jul 2018, 15h30 - Publicado em 15 jul 2018, 14h20

O atacante francês Kylian Mbappé, 19 anos e seis meses de idade, se tornou, com o gol anotado na partida contra a Croácia – fez o quarto na vitória por 4 a 2 -, o segundo jogador mais jovem a fazer um gol em final de Copa do Mundo.

Mais novo que ele, apenas Pelé, que aos 17 anos e oito meses, anotou dois gols no triunfo do Brasil sobre a Suécia por 5 a 2 na final do Mundial de 1958, o primeiro título mundial conquistado pela seleção brasileira.

Mbappé já havia se tornado o terceiro jogador sub-20 (com menos de 20 anos de idade) a disputar uma decisão de Copa do Mundo. Além de Pelé, o lateral italiano Giuseppe Bergomi entrou em campo na final contra a Alemanha no Mundial da Espanha, em 1982, com 18 anos e seis meses de idade.

Mbappé já havia igualado um feito de Pelé ao se tornar o segundo adolescente a marcar dois gols em uma Copa do Mundo, na vitória por 4 a 3 sobre a Argentina, pelas oitavas de final. Na ocasião, o brasileiro postou uma mensagem para o francês no Twitter. “Parabéns, Kylian. Marcar 2 gols em uma partida da Copa te coloca em boa companhia! Boa sorte no resto da competição. Exceto contra o Brasil”, escreveu. Mbappé não chegou a enfrentar o Brasil, que foi eliminado do Mundial pela Bélgica – que depois seria eliminada pelos franceses.

Publicidade

Neste domingo, após o jogo, o ídolo brasileiro voltou a parabenizar Mbappé:

Reprodução/Reprodução

Questionado sobre o feito, Mbappé minimizou. “É uma honra ser o segundo jogador depois de Pelé, mas vamos colocar em contexto: Pelé é de outra categoria. Mas é bom entrar nesta esfera de jogadores que marcam em jogos de mata-mata”, afirmou.

 

Publicidade