Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Além do BaVi: clássico no MS teve briga entre jogador e gandula

Gandula é jogador das categorias de base do Comercial e fez BO contra jogadores e membros da comissão técnica do Operário

O clássico de Campo Grande, entre Operário e Comercial, pelo Campeonato Sul-Matogrossense, também teve violência. Se no clássico entre Bahia e Vitória (BaVi), em Salvador, ocorreram nove expulsões, no jogo disputado em Mato Grosso do Sul, houve briga entre um jogador e um gandula.

Nos últimos minutos do clássico, o Comercial marcou o gol da vitória e um dos gandulas, Tadeu Francisco Kutter Júnior, de 19 anos, que trabalhavam na partida começou a comemorar. Indignado, jogadores e membros da comissão técnica do Operário correram atrás de Tadeu, que fugiu. O atacante Jeferson Reis, que estava no banco de reservas, o alcançou e o espancou. Após a agressão, a confusão foi generalizada entre os jogadores dos dois times.

Tadeu Francisco, que é atleta das categorias de base do Comercial e trabalhava como gandula (função que fica sob responsabilidade do time mandante) teve uma fratura no nariz e registrou um Boletim de Ocorrência contra Jeferson, o também jogador Rodrigo Grau, o massagista Raul e um preparador de goleiros do Operário, que não teve o nome divulgado.