Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Os Pingos nos Is

Não me lembro de armação desse nível na política brasileira, não em tempos democráticos ao menos. É preciso denunciar o “Golpe de Janot”
Presidente Temer foi vítima de "entrapment", uma cilada com o objetivo de lhe causar severos danos legais
Há muito, este jornalista fez a sua opção — não preferencial, mas exclusiva — pelo regime democrático. E não negocio nesse particular
A função do jornalismo não é provocar a ira contra a ordem democrática, mas apontar seus defeitos para que possa ser aprimorada
Lula e Ciro querem a mesma coisa: fazem propostas para destruir o Brasil. Ocorre que a direita não está fazendo um papel muito melhor
E não haverá força capaz de me demover. Os patrulheiros podem enfiar a viola no saco. Mando em mim e não temo o alarido e o vômito dos patrulheiros
Sempre que a lei triunfa, numa democracia, é sinal de que se está no bom caminho. Sempre que é violada, mesmo para caçar bandidos, flerta-se com a desordem
57% dos gastos do governo vão para a Previdência. Um país com esse número está condenado ao atraso, mas vejam o que querem os mais ricos e mais informados
As teses estúpidas sobre o país vão se multiplicando; as práticas deletérias também. Há muitos incendiários para poucos bombeiros
O primeiro dever de um professor é falar a verdade. Negar o brutal déficit da Previdência e as injustiças na área é coisa de vigaristas
E ainda: procuradores e ministro do STF fazem pouco caso da lei. E o significado das urnas na França
Eles se fazem de amigos do povo, mas, em questões essenciais para o Brasil, atuam apenas em defesa dos próprios privilégios
E ainda: que sortilégios reservam as urnas na França? O risco de extremismos opostos e combinados
O único caminho para que possamos ter um país decente e organizado é mesmo o respeito às leis. Inclusive para combater os fora-da-lei
O único caminho que tira o país da crise, e de forma segura, é o das leis; isso à parte, o que temos é esculhambação
Demagogos falam o que lhes dá na telha, pouco importando se as suas soluções são viáveis ou não; e os moralistas, ainda que de modo diverso, fazem o mesmo
O país tem múltiplas tarefas pela frente, e boa parte delas nada tem a ver com a polícia e tudo a ver com a política
Por mais que a pressão em favor da mistificação seja grande, a única coisa decente a fazer é resistir e se apegar aos fatos
O desastre continuado da Síria tem razões muito claras. E, no entanto, os erros vão se repetindo indefinidamente
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)