Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Carlos Slim

A casa foi adquirida em 2010 pelo magnata das telecomunicações mexicano por cerca de 44 milhões de dólares
Megaempresário duplicou sua participação no jornal para quase 17% depois de exercer opção de compra de 5,9 milhões de ações ordinárias
Valorização das ações da América Móvil fez com que o patrimônio do magnata mexicano avançasse mais de 5 bilhões de dólares
Crescimento de serviços de TV paga, com a Sky, e ampliação da banda móvel foram fatores determinantes para a oferta de mais de 48 bilhões de dólares da maior operadora dos EUA
Criador da Microsoft ultrapassa o mexicano Carlos Slim, que ocupou topo da lista por cinco anos, segundo ranking da revista "Forbes"
Pesquisa anual feita pela Bloomberg mostra o que bilionários como Warren Buffett e Carlos Slim leram em 2013 e quais títulos merecem destaque
Dados da empresa do investidor mexicano, a América Móvil SAB, mostram que há caixa suficiente para apostar mais na América Latina
Retorno do país seria por desejo e influência do empresário Carlos Slim
Empresa é conhecida pelo aplicativo que identifica nome de músicas tocadas em rádio
Entre as 100 maiores fortunas, apenas dois brasileiros aparecem no ranking: Jorge Paulo Lemann, na 33ª posição, e José Safra, na 86ª posição
Empresa mexicana também transmitirá com exclusividade os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, que acontecerão na Rússia
O brasileiro dono do grupo EBX despencou para a 100ª posição; o mexicano Carlos Slim e o fundador da Microsoft, Bill Gates, seguem na frente em ranking das maiores riquezas do mundo
Em 24 horas, empresário que já foi o 7º mais rico do mundo entra e sai da lista das 100 maiores fortunas globais
Homem mais rico do mundo adquire 8,4% da companhia petrolífera argentina estatizada pela presidente Cristina Kirchner
Segundo a revista americana 'Forbes', em 2011, Slim detinha fortuna de 69 bilhões de dólares
Empresa fica atrás da mexicana América Móvil e das americanas AT&T e Verizon
Vivendo na mesma casa há mais de três décadas, o empresário mexicano Carlos Slim prefere trabalhar com camisa de manga curta e nunca usa jóias
Publicidade