Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Barros Munhoz

“Há coisas muito imorais em outras instituições do país, que não no Legislativo. Não há nada de errado no pagamento dessa gratificação.” Barros Munhoz, presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, indignado com a suspensão da verba de 40 mil reais que cada deputado recebe por ano para comprar paletós, peça indispensável a todo criminoso […]
“Senhor presidente, sou amplamente favorável à aprovação desse projeto. Cubatão é uma cidade de trabalhadores, progressista e que quer se transformar na capital de bandas e fanfarras. Por falar em banda, vou tomar o trem da saudade. Vou viajar até a minha pequena Cerqueira César, encravada na Média Sorocabana”. Campos Machado, deputado do PTB paulista, […]
“Caiu como uma bomba.” Barros Munhoz, presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, ao saber das revelações do deputado Roque Barbieri, do PTB, sobre os colegas que colecionam maracutaias em parceria com empreiteiras e prefeituras, caprichando na pose de quem descobriu a pólvora.
“Lendo os fatos, vendo essa mulher, não posso negar que o que aconteceu foi isso. A empresa que ganhou não tinha condição e serviu de fachada para alguém que executou. O que infelizmente hoje no Brasil é comum”. Barros Munhoz, presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, confessando que contratou uma empresa fantasma mas referindo-se […]
No Estadão Online: Em seu discurso de posse como presidente reeleito da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado Barros Munhoz (PSDB) citou a Revolução Francesa e o iluminismo para se defender das acusações sobre o desvio de R$ 3,1 milhões do período em que administrou a Prefeitura de Itapira e atacou os promotores responsáveis […]
Por Flávio Ferreira e Silvio Navarro, na Folha: O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Barros Munhoz (PSDB), é acusado num processo judicial sigiloso de participar do desvio de R$ 3,1 milhões dos cofres da Prefeitura de Itapira (SP), município que administrou até 2004. Investigações conduzidas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público […]
Publicidade