Clique e assine a partir de 9,90/mês

Trump manterá forma com que utiliza Twitter, afirma porta-voz

Presidente eleito dos EUA havia dito anteriormente que seria mais 'comedido'

Por Da redação - 1 Jan 2017, 20h10

O presidente eleito do Estados Unidos, Donald Trump, seguirá utilizando na Casa Branca a rede social Twitter da mesma forma com que fez até hoje, conforme afirmou neste domingo o futuro porta-voz do governo, Sean Spicer.

“A realidade é que quando ele tuíta, obtém resultados”, afirmou Spicer, em entrevista à emissora de televisão ABC.

De acordo com o próximo porta-voz da Casa Branca, os veículos de imprensa tradicionais estão com medo de que Trump se dirija diretamente, através do perfil no microblog, aos mais de 18 milhões de seguidores.

As afirmações vão contra ao que o próprio presidente eleito disse na primeira entrevista após a divulgação do resultado da votação, de que limitaria o uso do Twitter e que, caso o utilizasse, o faria de forma prudente.

Continua após a publicidade

“Vou ser muito comedido”, afirmou o empresário, em entrevista à CBS, exibida nos Estados Unidos em 13 de novembro.

Em dezembro, Trump já defendeu no Twitter a necessidade de “fortalecer e expandir” a capacidade nuclear dos EUA, até que “o mundo volte à razão”.

Nem mesmo a ONU escapou dos tweets furiosos do presidente eleito após vitória sobre a democrata Hillary Clinton.

“As Nações Unidas têm um grande potencial, mas agora é só um clube de gente para se reunir, falar e passar bem. Que triste!”, escreveu, depois da decisão adotada em 23 de dezembro pelo Conselho de Segurança, de exigir que Israel fechasse os assentamentos em territórios palestinos, aprovada a partir da abstenção dos EUA.

Continua após a publicidade

(Com agência EFE)

Publicidade