Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Tesouro anuncia emissão de bônus no mercado externo com vencimento em 2021

Por Da Redação - 3 jan 2012, 14h47

Rio de Janeiro, 3 jan (EFE).- O Tesouro Nacional anunciou nesta terça-feira uma emissão de bônus de sua dívida externa em dólares e com vencimento em janeiro de 2021, que serão colocados inicialmente nos mercados dos Estados Unidos e da Europa.

A operação, coordenada pelos bancos PNB Paribas e Itaú BBA, poderá ser estendida aos mercados asiáticos dependendo de seu resultado nos mercados americano e europeu, segundo um comunicado do Tesouro.

De acordo com a nota, trata-se de uma reabertura da emissão de bônus em dólares a dez anos lançada em julho de 2010 e que permitiu ao Brasil captar então US$ 750 milhões com uma das menores taxas de juros para esses papéis, que foi de 4,18% ao ano.

Em novembro passado, o Tesouro Nacional captou US$ 1,1 bilhão no exterior com o lançamento de bônus de dívida com vencimento em janeiro de 2041, pelos quais ofereceu ao investidor um rendimento de 4,69% anual, o menor na história do país para papéis a 30 anos.

Publicidade

Em setembro de 2011 já haviam sido captados US$ 550 milhões com os mesmos bônus a 30 anos, mas pelos quais foram pagos juros de 5,2% anuaos.

A elevação da qualificação do risco da dívida soberana do Brasil nos últimos meses e a aparente resistência da economia brasileira à crise econômica global permitiram ao Governo emitir bônus de menor custo para refinanciar dívida antiga de alto custo. EFE

Publicidade