Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Taxa de desemprego vai subir em 2009

Por Da Redação
27 jan 2009, 15h52

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou um relatório nesta terça-feira apontando que a crise financeira mundial deve afetar com maior intensidade os empregos em 2009 na América Latina e no Caribe. A expectativa é que sejam fechados de 1,5 milhão a 2,4 milhões de postos de trabalho formais nas áreas urbanas, fazendo com que a taxa de desemprego suba 8,3%.

Nos últimos cinco anos, o nível de desocupação na região vinha diminuindo. Em 2003, a taxa era de 11,2%, mas já tinha caído para 7,5% no último ano. Só no Brasil, segundo a OIT, entre janeiro e novembro do ano passado, o desemprego ficou em 8% – uma queda de 1,5 ponto porcentual em relação a 2007.

Os aumentos consecutivos no número de empregos em toda a América Latina e Caribe vinham sendo provocados pelo crescimento econômico da região, que em 2008 ficou em 4,6%. Mas a previsão para 2009 é este crescimento cair para 1,9% ao ano.

O Panorama Laboral alerta ainda que a perda da renda e do emprego de chefes de família e um processo de retorno de migrantes aos seus lugares de origem podem pressionar ainda mais os mercados.

Mais afetados – Segundo o estudo, as mulheres e os jovens são os mais prejudicados quando o assunto é desemprego. O nível de desocupação entre os jovens das áreas urbanas dessa região é 2,2 vezes maior que a média geral de desemprego, de 7,5% em 2008. Entre as mulheres, o número de desempregadas é 1,6 vez maior que entre os homens.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.