Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Republicanos já não escondem a decepção com ascensão de Trump

O tom das críticas ao magnata vem subindo dentro do Partido Republicano. "Não tenho ideia de como conciliar uma agenda de Trump com uma republicana", disse um senador

As recentes vitórias do pré-candidato Donald Trump nas primárias para conseguir a indicação para disputar a Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano assustaram seus próprios correligionários. A corrente contra o magnata dentro do Partido Republicano começa a ganhar força e muitos políticos elevaram o tom das críticas.

O candidato republicano nas eleições presidenciais de 2012 nos Estados Unidos, Mitt Romney, insinuou nesta quarta-feira que Trump mentiu sobre suas finanças pessoais, mas não apresentou nenhum tipo de prova. “Temos boas razões para crer que há uma bomba na declaração de impostos de Donald Trump”, disse em entrevista ao canal Fox News. “Talvez ele não seja tão rico como diz que é, ou não pagou os impostos que esperaríamos que tivesse pagado ou, talvez, não doou dinheiro aos veteranos e aos deficientes físicos como nos disse que fez”, disse o ex-candidato, sem especificar em nenhum momento algum indício que comprovasse suas insinuações.

Leia também

Trump festeja vitória em Nevada: “Amo pessoas com pouco estudo”

‘Os Simpsons’ satirizam corrida eleitoral americana

Trump diz que Cruz é ‘doente’ e que gostaria de socar um manifestante

O senador Jeff Flake, republicano do Arizona, não escondeu seu constrangimento ao afirmar que “realmente ficou com medo” de Trump conseguir a indicação do partido após a vitória no caucus (assembleias populares) de Nevada. “À medida que nos aproximamos da reta final e as pessoas vão ficando mais informadas, espero que elas mudem suas posições”, disse.

“Estamos com um problema muito grande, Trump não é um republicano”, disse ao The New York Times o senador Lindsey Graham, da Carolina do Sul, republicano que saiu da corrida para a Casa Branca em dezembro. “Eu não tenho nenhuma ideia de como conciliar uma agenda de Donald Trump com uma republicana. Como podemos criar uma plataforma?”, questiona.

Após sua ampla vitória em Nevada, Trump lidera a corrida republicana para a indicação com três vitórias nos quatro primeiros estados a votar no processo de primárias, e as pesquisas são favoráveis ao magnata em mais de dez estados que realizarão suas prévias na próxima semana, na chamada Super Terça.

(Da redação)