Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Navio do século XVIII é encontrado onde ficavam as Torres Gêmeas

Embarcação pode ter sido usada como entulho no aterro da ilha de Manhattan

Por Da Redação - 15 jul 2010, 18h09

Trabalhadores realizavam escavações na última terça-feira no ‘ground zero’, local onde ficavam as Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York, quando depararam com restos de uma embarcação de madeira, enterrados na lama. Alguns pedaços têm 9,75 metros de comprimento. Acredita-se que façam parte de um navio do século XVIII, usado como entulho num aterro que, naquele mesmo século, fez a orla da ilha de Manhattan avançar sobre o rio Hudson.

Segundo os arqueólogos Molly McDonald e Michael Pappalardo, que trabalham para a AKRF, empresa contratada para documentar os artefatos descobertos no local, ainda é necessário fazer um estudo mais aprofundado para determinar a idade do navio. Serão enviadas amostras da madeira a um laboratório para fazer dendrocronologia, método que estabelece a idade de uma árvore de acordo com os anéis de seu tronco.

Navio foi encontrado onde ficavam Torres Gêmeas Navio foi encontrado onde ficavam Torres Gêmeas

Navio foi encontrado onde ficavam Torres Gêmeas /

Os arqueólogos estavam no local no momento da descoberta. “Percebemos as madeiras trabalhadas em curvas retiradas pela escavadeira. Encontramos rapidamente parte da estrutura do navio e começamos o processo de limpeza que durou dois dias até que o casco pudesse ser visto completamente”, contou Mcdonald.

Um especialista em barcos irá ao local nesta quinta-feira para analisar o navio. Na mesma área, foi encontrada também uma âncora de 45 kg, na última quarta-feira, mas não se sabe se ela pertence à embarcação.

Publicidade