Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Moscou diz que levou 700 mil crianças ucranianas para a Rússia

Kiev acusa o Kremlin de cometer crimes de guerra ao 'sequestrar' menores de idade

Por Da Redação
3 jul 2023, 08h41

O parlamentar russo Grigory Karasin disse nesta segunda-feira, 3, que Moscou trouxe cerca de 70o mil crianças das zonas de conflito na Ucrânia para dentro da Rússia. Kiev acusa o Kremlin de cometer crimes de guerra ao “sequestrar” menores de idade.

“Nos últimos anos, 700 mil crianças encontraram refúgio conosco, fugindo dos ataques e bombardeios das áreas de conflito na Ucrânia”, afirmou Karasin, chefe do comitê internacional no Conselho da Federação, a câmara alta do parlamento da Rússia.

Moscou, que iniciou uma invasão em grande escala na Ucrânia há mais de um ano, alega que seu programa de trazer crianças ucranianas para o território russo tem como objetivo proteger órfãos e crianças abandonadas na zona de conflito.

No entanto, a Ucrânia afirma que muitas crianças foram deportadas ilegalmente. Agências de inteligência dos Estados Unidos denunciaram que milhares de crianças foram retiradas à força de suas casas.

Continua após a publicidade

A maior parte da remoção de pessoas e crianças da Ucrânia ocorreu nos primeiros meses da guerra, antes que Kiev iniciasse operações, em agosto passado, para recuperar os territórios ocupados no leste e no sul do país.

Em julho de 2022, os Estados Unidos estimaram que a Rússia “deportou à força” 260 mil crianças, enquanto o Ministério da Integração dos Territórios Ocupados da Ucrânia diz que 19.492 crianças ucranianas são atualmente consideradas deportadas ilegalmente.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.