Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Líder de seita de sexo é sentenciado a 120 anos de prisão

O americano Keith Raniere, chefe de 60 anos do grupo Nxivm, foi condenado nesta terça

Por Sabrina Brito
Atualizado em 27 out 2020, 21h15 - Publicado em 27 out 2020, 20h36

Keith Raniere, criador da deturpada seita de sexo Nxivm, foi condenado hoje a 120 anos de prisão por seu papel como líder do culto. Para as mulheres que participavam do grupo, práticas como a marcação com metal quente na carne (como aquela feita com bois) e a coação a manter relações sexuais com Raniere eram comuns.

Ao longo de todo o processo, o empresário manteve firme sua postura de inocente, afirmando que seus acusadores estariam mentindo. O argumento, contudo, não convenceu o juiz, que caracterizou seus crimes como “cruéis, perversos e extremamente sérios.” Além da pena de prisão, Raniere terá que pagar uma multa de 1,75 milhão de dólares.

Entre as quinze testemunhas que falaram no tribunal, estiveram pessoas que atribuíram a Keith os crimes de tráfico sexual, estupro, escravidão sexual, pornografia infantil e trabalho forçado. O modus operandi: enquanto pregava, como um guru, sobre crescimento individual e espiritual, ele mantinha uma complexa seita, que incluía até mesmo as conhecidas atrizes Allison Mack, de Smallville, e Nicki Clyne, de Battlestar Galactica.

Mesmo com os inúmeros relatos chocantes, Keith Raniere não perdeu por completo sua popularidade. Alguns de seus amigos e membros do Nxivm estavam presentes no julgamento, como forma de apoiar seu líder. Não foi suficiente para amenizar a dura pena que recaiu, com razão, sobre o criminoso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.