Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem-bomba explode em mesquita e deixa 29 mortos no Afeganistão

Ataque aconteceu quando dezenas de pessoas rezavam no local

Uma explosão em Herat, a principal cidade do oeste do Afeganistão, quase 3o mortos nesta terça-feira. A detonação aconteceu na mesquita de Jawadya, pertencente à minoria xiita do país, às 20h locais (13h30 em Brasília), quando dezenas de pessoas rezavam no local. “O balanço chega a 29 mortos e 63 feridos, alguns deles em estado crítico”, indicou à agência France Press o porta-voz do hospital regional, Rafiq Shirzai.

Segundo informações da polícia, os primeiros indícios apontam para a participação de dois terroristas, um deles usava um colete com explosivos, enquanto que o outro estava armado com um fuzil. Os dois agressores morreram no atentado.

O ataque acontece um dia depois de outro realizado na embaixada iraquiana em Cabul, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI), que deixou dois mortos.

Os ataques contra esta minoria religiosa são comuns no país. O último deles aconteceu em junho durante o mês sagrado do Ramadã, quando um atentado suicida reivindicado pelo grupo Estado Islâmico deixou seis mortos e oito feridos em uma mesquita xiita de Cabul.

O Afeganistão vive um recrudescimento da violência desde o final da missão militar da Otan em janeiro de 2015, o que fez o Executivo perder terreno perante os talibãs, até controlar apenas 57% do país, segundo dados dos Estados Unidos.

A missão da ONU no Afeganistão anunciou em julho que o conflito registrou um novo recorde de mortes de civis, com 1.662 mortos nos primeiros seis meses do ano, 2% a mais que em 2016, incluindo o aumento de mortes de crianças e de mulheres em 9% e 23%, respectivamente.

(com AFP e EFE)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Brasil limpo.

    Sonhei outro dia que um dep’utado insatisfeito do PT foi com um cinto desse ‘pruma’ reunião do diretório nacional e o troço detonou acidentalmente…
    Droga..!!!
    Nem deu pra comemorar.
    O despertador me acordou e estragou a festa.

    Curtir