Clique e assine com até 92% de desconto

Forças sírias detêm Walid al-Bounni, importante opositor

Por Marwan Naamani 6 ago 2011, 16h28

As forças de segurança sírias detiveram neste sábado à noite o opositor Walid al-Bounni e seus dois filhos Moayed e Ayad em sua casa no subúrbio de Damasco, anunciou o presidente do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahmane.

“Os serviço de segurança sírio deteve neste sábado à noite o opositor e ex-prisioneiro político Walid al-Bounni”, declarou Abdel Rahmane à AFP.

Com 47 anos, Bounni é um dos opositores mais conhecidos em Damasco. Em 2000, Bounni foi um dos líderes da “Primavera de Damasco”, período de debates e de esperança de abertura que foi seguido da chegada ao poder de Bashar al-Assad, antes de ser preso por isso em 2001.

Formado em Medicina, ele foi em 2005 um dos signatários da “Declaração de Damasco”, um documento no qual partidos de oposição laicos sírios exigiram uma “mudança democrática radical”.

É um “militante social, político e dos Direitos Humanos”, ressaltou Abdel Rahmane.

Preso e condenado em várias oportunidades, ele foi libertado pela última vez em junho de 2010. Mas depois do início da revolta contra o regime, em meados de março, ele fez fortes críticas veementes ao governo.

Continua após a publicidade
Publicidade