Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Edward Snowden, um moscovita com emprego e salário

Ex-analista da Agência Nacional de Segurança americana (NSA) busca ter uma vida normal na Rússia

Por Da Redação 3 nov 2013, 11h07

Alheio ao terremoto político que suas revelações ainda causam, o ex-analista da CIA, Edward Snowden, já tem trabalho na Rússia, onde hoje vive e busca estabelecer uma rotina. “Snowden está se adaptando, estuda a língua, visita museus e teatros”, diz seu assessor legal, o russo Anatoli Kucherena.”Principalmente, começou a trabalhar.” Segundo Kucherena, trata-se de uma das maiores empresas russas e a função de Snowden será a de manter e desenvolver um de seus principais sites.

Leia também

Snowden publica manifesto em que justifica vazamentos da inteligência americana

Tudo indica que o novo posto de trabalho é na rede social VKontakte (o Facebook russo), que conta com 43 milhões de usuários diários, e cujo presidente e fundador, Pavel Durov, lhe havia feito uma oferta pública de trabalho. Na ocasião, o porta-voz da companhia, Gueorgui Lobushkin, assegurou que Snowden poderia trabalhar como especialista em proteção das mensagens entre os usuários da rede social. A VKontakte é a única grande companhia russa do setor da tecnologia que não negou a contratação do especialista.

O buscador Yandex, o portal mais visitado do país, assegurou que nunca chegou a entrar em contato com Snowden, enquanto a Mail.ru descartou categoricamente sua contratação. Snowden também recebeu uma oferta de Ruslan Gattarov, chefe de proteção de dados pessoais do senado russo, mas essa possibilidade foi descartada por Kucherena. “Ele não poderia trabalhar para uma agência estatal russa”, diz.

Segundo o advogado, Snowden levou em conta as condições de trabalho e o salário antes de aceitar a proposta. “Não vou revelar o nome da empresa, mas Edward teve a possibilidade de escolher”, diz Kucherena. “Ele é um profissional altamente qualificado em tecnologia da informação.” Segundo a imprensa russa, Snowden trabalhará em casa, embora, segundo o parlamentar alemão Hans-Christian Ströbele, com quem ele se reuniu nesta quinta-feira em Moscou, o americano saia habitualmente à rua para fazer compras.

Outra demonstração de que Snowden busca a normalidade é a publicação nesta semana de sua foto passeando de barco por Moscou. “Ele vive na Rússia e tem liberdade de movimentos. Passeia pelo país tranquilamente. Gosta da Rússia e de sua cultura. Ele escolhe suas próprias rotas, para onde quer viajar. Já se comunica um pouco em russo”, garantiu Kucherena. O advogado descartou que Snowden cogite solicitar asilo em outro país.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês