Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolívia vai legalizar mais de 70.000 carros contrabandeados

O presidente Evo Morales concedeu uma anistia ao contrabando de automóveis

Por Da Redação
21 jun 2011, 15h43

Os donos de mais de 70.000 automóveis que entraram na Bolívia por contrabando se apresentarão às autoridades da alfândega até esta terça-feira para pedir sua legalização devido a uma anistia do presidente Evo Morales.

Segundo a alfândega nacional, nos primeiros dez dias de vigência da anistia, que será encerrada em primeiro de julho, foram registrados 70.248 veículos ilegais. O número é sete vezes maior que os 10.000 que as autoridades disseram que havia, e próximo aos 100.000 que calcularam os sindicatos de transportadoras.

“Realmente é um escândalo, porque foi constatado que o contrabando aumentou no país”, disse o gerente do Instituto de Comércio Exterior, Gary Rodríguez.

As alfândegas da Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Peru enviaram à Bolívia relatórios de automóveis roubados para tentar evitar que fossem legalizados, informou a presidente da Alfândega boliviana, Marlene Ardaya.

(Com agência Efe)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.