Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Berlusconi é flagrado trabalhando em asilo

Revista italiana publica as primeiras imagens do ex-primeiro-ministro cumprindo pena como trabalhador voluntário em um asilo de idosos perto de Milão

A revista italiana Chi publicou nesta terça-feira as primeiras fotos do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi cumprindo pena trabalhando em um asilo perto de Milão. Trajando o uniforme dos funcionários, um jaleco branco, Berlusconi é mostrado sentado e conversando com uma funcionária do local, o Instituto Sagrada Família. No asilo, o ex-premiê atua em uma ala especializada em acolher idosos que sofrem de Mal de Alzheimer. A revista só chega às bancas italianas nesta quarta, mas a publicação revelou duas fotos em seu site.

Leia também

Berlusconi começa a cumprir pena de serviços sociais

Ex-ministro de Berlusconi é preso por polícia antimáfia

Berlusconi é condenado a serviços comunitários em asilo

Reprodução/internet

Silvio Berlusconi é flagrado cumprindo pena Silvio Berlusconi é flagrado cumprindo pena

Silvio Berlusconi é flagrado cumprindo pena (/)

Silvio Berlusconi é flagrado cumprindo pena

Berlusconi foi condenado no ano passado a quatro anos de prisão por fraude fiscal no processo que ficou conhecido como Mediaset. Posteriormente, a pena foi reduzida para um ano e pode ser cumprida com serviços sociais. Ele começou a cumprir sua pena na última sexta-feira e seu primeiro dia de trabalho atraiu dezenas de jornalistas e curiosos para o pequeno município de Cesano Boscone, sede da instituição de caridade. Um sindicalista fantasiado de palhaço, que conseguiu entrar no instituto apesar do grande dispositivo de segurança, o recebeu aos gritos de “Nós italianos temos um sonho no coração. Berlusconi em San Vittore”, nome de uma prisão localizada em Milão.

Com a condenação, Berlusconi também foi excluído do Senado, com a proibição de votar e de disputar eleições. Os críticos estão convencidos de que ele utilizará a passagem por Cesano Boscone com objetivos políticos antes das eleições europeias, nas quais seu partido, Força Itália, perde espaço nas pesquisas. O ex-primeiro-ministro foi condenado por fraude fiscal em uma transação de compra de direitos televisivos adquiridos por sua empresa de comunicação Mediaset. Alguns idosos do Instituto Sagrada Família, não aprovaram a sentença e afirmaram à imprensa italiana que não gostariam de conviver com Berlusconi em suas atividades cotidianas.