Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

As principais ciladas em intercâmbios – e o que fazer para evitá-las

Escolas com muitos brasileiros e promessas inalcançáveis são algumas das arapucas

Por Luana Massuella
Atualizado em 5 jun 2024, 01h06 - Publicado em 20 jun 2015, 19h33

Os brasileiros estão cada vez mais fazendo as malas e indo estudar no exterior. Em 2012, 175.000 estudantes fizeram intercâmbio –cinco vezes mais que os 34.000 brasileiros que passaram pela experiência em 2003. Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta), o curso de idiomas é o mais procurado em 63% das agências de intercâmbio. Logo em seguida vem o Ensino Médio no exterior e cursos de férias.

Estudantes brasileiros que fazem intercâmbio no exterior devem ficar atentos a algumas ciladas. “Verificar se a escola é certificada por organizações que qualificam as instituições de ensino e confirmar se os professores possuem certificação para o ensino da língua são os primeiros passos para evitar arapucas”, diz Fernanda Zocchio Semeoni, diretora de produtos e operações da agência de intercâmbio Experimento Intercâmbio Cultural.

LEIA TAMBÉM:

Dez destinos preferidos dos brasileiros para estudar inglês

Continua após a publicidade

Confira 10 disciplinas inusitadas ensinadas no ensino médio no exterior

As arapucas mais comuns do intercâmbio envolvem escolas sem infraestrutura e recursos didáticos adequados, professores desqualificados, baixa exigência acadêmica e falta de compromisso com a aprendizagem. Confira as principais ciladas de intercâmbios e o que fazer para evitá-las:

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.