Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ariel Castro é formalmente acusado por sequestro e estupro das três mulheres

A polícia de Cleveland formalizou as denúncias contra o sequestrador nesta quarta-feira. Os irmãos Pedro e Onil ainda não foram indiciados pelos crimes

Por Da Redação
8 Maio 2013, 19h19

O homem responsável pelo sequestro de Amanda Berry, Gina DeJesus e Michelle Knight foi formalmente acusado nesta quarta-feira. Ariel Castro, de 52 anos, terá de responder por quatro denúncias de sequestro e o estupro das três mulheres mantidas em cativeiro durante 10 anos, em Cleveland. A quarta pessoa envolvida no processo é a filha de Amanda, de seis anos, que foi concebida durante o cárcere.

Os irmãos de Castro, Pedro e Onil, permanecerão detidos, mas terão suas situações revisadas antes de serem indiciados como cúmplices. Os promotores do caso informaram que nenhuma prova levantada até o momento evidencia a ligação dos dois homens com os crimes.

Leia também:

Polícia acha correntes em cativeiro de raptadas nos EUA

Continua após a publicidade

Visitas da polícia a cativeiro levantam suspeitas nos EUA

As autoridades também se negaram a detalhar os abusos sofridos pelas mulheres na última década. Uma fonte ligada às investigações disse à BBC que as sequestradas foram estupradas repetidamente e pelo menos uma delas foi obrigada a abortar por diversas vezes. A polícia de Cleveland, contudo, alegou que os fatos serão mantidos sob o sigilo de Justiça.

As investigações não apontaram até o momento para outra vítima. A suspeita inicial era de que Ariel Castro poderia estar envolvido em mais um famoso desaparecimento em Cleveland. Ashley Summers sumiu em julho de 2007, quando tinha 14 anos, na mesma região em que foram vistas pela última vez todas as três jovens resgatadas na última segunda-feira. Uma busca pela casa de Castro negou a presença de restos humanos no local.

Volta para casa – A quarta-feira também marcou o reencontro de duas das vítimas com suas famílias. Amanda Berry deixou o hospital logo pela manhã e foi acompanhada até a casa de sua irmã, que agradeceu pelo apoio das autoridades e pediu privacidade para Amanda reconstruir a sua vida. Já Gina DeJesus recebeu alta durante a tarde e foi recebida por uma multidão na vizinhança de seus pais. Michelle Knight está internada em observação, mas passa bem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.