Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ahmadinejad criticado por mencionar retomada de relações com os EUA

Por Don Emmert 25 set 2011, 13h52

Deputados e imprensa conservadores criticaram neste domingo o presidente Mahmud Ahmadinejad por ter mencionado várias vezes a retomada de relações entre o Irã e os Estados Unidos durante sua visita a Nova York para participar na Assembleia Geral das Nações Unidas.

“Não é apropriado que o presidente tenha enfatizado seu desejo de retomar as relações e considere que a carência da mesma não é vantajoso para ambos países”, afirmou Ali Motahari, influente deputado ultraconservador falando ao site Jabaronline.

“Consideramos que a ausência de relações é uma desvantagem para ambos os países e é necessário que os dirigentes americanos mudem um pouco sua ativude para solucionar os problemas”, declarou Ahmadinejad em uma de suas várias declarações em Nova York.

Vários funcionários e a imprensa conservadora criticaram o presidente, afirmando que a decisão de uma retomada das relações com os Estados Unidos corresponde ao Guia supremo, aiatolá Ali Khamenei, e não Ahmadinejad.

Continua após a publicidade
Publicidade