Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Tite comemora ‘dois passos à frente’ após ‘um atrás’ em clássico

Por Da Redação 25 set 2011, 19h33

A vitória magra deste domingo sobre o Bahia, no Pacaembu, cumpriu perfeitamente o roteiro traçado por Tite para esta última semana. Pressionado antes de encarar o São Paulo, ele projetou exclusivamente não ser derrotado no clássico e, em seguida, somar três pontos diante do time baiano. Para melhorar o cenário, o Corinthians foi do quarto ao segundo lugar.

‘Demos um passo para trás depois da derrota para o Santos para dar dois à frente e ter um jogo consistente mais forte’, disse o treinador, ao fazer a análise do confronto contra o Bahia. ‘Nosso adversário teve só uma oportunidade de gol, em bola parada no primeiro tempo (cabeceio do atacante Junior no travessão depois de cobrança de escanteio, aos seis minutos)’, realçou.

O resultado positivo depois de três rodadas sem vencer deve aliviar um pouco o clima no Corinthians, que agora tem apenas o Vasco à sua frente. A equipe carioca, a propósito, é seu próximo adversário. Líder e vice-líder lutam pela ponta no domino que vem, em São Januário.

‘Paz se tem quando vence e tem consciência de que trabalhou forte para conquistar a vitória. Um sentimento de merecimento, porque nosso time mereceu o placar. Sem ter beleza, mas não tinha que ter beleza, tinha que ter eficiência. Quando estava no Cruzeiro, o Joel (Santana, que hoje é técnico do Bahia) veio jogar por uma bola e venceu’, defendeu-se Tite do magro resultado.

Bem menos pressionado, o elenco corintiana ganha folga nesta segunda-feira e se reapresenta na manhã do dia seguinte, no CT Joaquim Grava, para iniciar preparação do próximo jogo.

Continua após a publicidade
Publicidade