Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Seleção do Brasileirão 2016 tem sete do Palmeiras

O atacante Gabriel Jesus recebeu o prêmio de melhor jogador do campeonato

Por da redação 13 dez 2016, 08h56

O campeão Palmeiras dominou o Prêmio Brasileirão 2016, oferecido pela Confederação Brasileira de Futebol. O clube paulista teve sete jogadores, além do técnico Cuca, na seleção do campeonato, em cerimônia realizada na noite desta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. O atacante Gabriel Jesus ainda recebeu o prêmio de melhor jogador do torneio e Zé Roberto recebeu o troféu pelo gol mais bonito do Brasileirão, marcado diante do Santa Cruz..

Além do Palmeiras, apenas Flamengo (2), Atlético Mineiro (1) e Grêmio (1) tiveram jogadores escolhidos para o time da competição. A seleção do Brasileirão foi escolhida em votação de aproximadamente 1.000 jornalistas que cobriram o Brasileirão.

A seleção do Brasileiro ficou definida com Jaílson (Palmeiras); Jean (Palmeiras), Pedro Geromel (Grêmio), Mina (Palmeiras) e Jorge (Flamengo); Moisés (Palmeiras), Tchê Tchê (Palmeiras), Diego (Flamengo) e Dudu (Palmeiras); Robinho (Atlético-MG) e Gabriel Jesus (Palmeiras).

O técnico Jair Ventura, que assumiu o Botafogo em agosto, na zona de rebaixamento, e levou o clube carioca à Copa Libertadores do próximo ano, foi escolhido o técnico revelação. O meia Vitor Bueno, do Santos, ganhou o prêmio de atleta revelação do campeonato.

Ilaídes Padilha recebe prêmio em nome do filho, Danilo
Ilaídes Padilha recebe prêmio em nome de Danilo KIn Saito/CBF/Divulgação
Continua após a publicidade

Goleiro da Chapecoense morto no desastre aéreo da Colômbia, Danilo foi escolhido o “Craque da Galera”. Sua mãe, Ilaídes Padilha, subiu ao palco para receber o prêmio em nome do filho e foi aplaudida de pé pelos presentes. A votação desse prêmio foi realizada via internet.

O árbitro Raphael Claus, e os assistentes Marcelo Van Gasse e Rogério Zanardo, todos vinculados à Federação Paulista, foram apontados os melhores do Brasileirão 2016. A cerimônia também premiou Diego Souza (Sport), William Pottker (Ponte Preta) e Fred (Atlético-MG) pela artilharia do campeonato. Os três marcaram 14 gols cada no Brasileirão.

Clube mais homenageado na premiação, o Palmeiras também foi o mais desfalcado na cerimônia realizada na noite desta segunda-feira. Jean, Dudu, Mina e Cuca não foram à sede da CBF receber seus prêmios. O técnico chegou a se deslocar para o Rio com o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, no avião particular do dirigente. A aeronave, contudo, não conseguiu aterrissar no Aeroporto de Jacarepaguá devido às fortes chuvas e voltou a São Paulo.

Já o Flamengo, terceiro colocado do Brasileirão, ganhou o Troféu Fair Play por ser o mais disciplinado da competição. O time carioca foi o que menos levou advertências, recebendo 62 cartões amarelos nas 38 rodadas, uma média.

Gabriel Jesus com os prêmios de melhor atacante e melhor jogador do Brasileirão 2016
Gabriel Jesus com os prêmios de melhor atacante e melhor jogador do Brasileirão 2016 Ricardo Stuckert/CBF

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade