Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Réver nega entrega de resultado e demonstra insatisfação com ofensas

A goleada por 6 a 1 sofrida pelo Atlético-MG diante do arquirrival Cruzeiro continua rendendo assunto em Minas Gerais. O zagueiro Réver, eleito melhor zagueiro pela esquerda no prêmio Craque Brasileirão, da CBF, rechaçou qualquer possibilidade de entrega de resultado no clássico mineiro. O defensor ainda se disse chateado por ter recebido algumas ofensas de torcedores revoltados com o placar elástico.

‘Temos meios de comunicação com o torcedor. Fui ofendido por vários deles, mas o problema é quando eles começam a ofender a família. Aí complica, não são eles que entram em campo e sim eu, então não podemos misturar as coisas’, afirmou em entrevista à Rádio Itatiaia.

Réver garante que não houve nenhum tipo de entrega no clássico, e que o time apenas não conseguiu jogar bem. ‘Seria impossível entregar um clássico. A partida foi muito abaixo mesmo. Não fizemos uma bela partida e mérito do Cruzeiro que se encontrou no último jogo e fez um belo jogo, conquistando uma grande vitória em cima da gente. Ninguém entregou. O torcedor está chateado, magoado, falando muitas coisas, a gente não tira o direito deles de falar, mas ninguém vendeu o jogo’, disse.

Por fim, o zagueiro atleticano, garante que ficou chateado com o revés frente ao Cruzeiro, e que não conseguiu dormir após a partida. ‘Eu não consegui dormir, ainda mais como foi à partida. Mas não existe isso de entregar a partida, fomos mal e infelizmente a goleada acabou acontecendo. Entendemos a posição do presidente. Futebol tem que ter retorno. Há uma semana éramos muito bons para os torcedores. Então vem o clássico, a gente perde e ninguém mais presta’, comentou.