Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Próximos na tabela, Atlético-GO e Grêmio duelam com ânimos distintos

Por Da Redação 20 ago 2011, 21h05

Antes da rodada do meio de semana pouco parecia dar certo para Atlético-GO e Grêmio. A situação após os jogos modificou-se um pouco para os adversários do Serra Dourada, neste domingo. Próximos na tabela, mas com ânimos tão diferentes. No jogo das 16 horas (de Brasília) estará em disputa o alívio, ao menos momentâneo, de se distanciar da zona do rebaixamento.

Os goianos começaram a rodada 18rodada do Campeonato Brasileiro com quatro pontos de vantagem das últimas posições da tabela. Apesar da proximidade, o bom humor é simples de ser explicado e entendido.

O Atlético foi o primeiro clube a vencer o Flamengo no Brasileirão. Não é só isso. O time, na estreia de Hélio dos Anjos, venceu o Rubro-negro por 4 a 1, no Rio de Janeiro. Iniciando seu trabalho, o treinador faz crescer a importância do fim de semana.

‘Essa vitória tem que ser comemorada agora, mas é uma etapa. O próximo jogo é infinitamente maior do que esse. Temos que ter a consciência que nada aconteceu ainda na competição. Foi bom, foi legal, foi bonito, foi gratificante, mas acabou essa etapa. Só temos 19 pontos’, comentou após ao término do confronto.

A distância do Grêmio para a zona do rebaixamento é de três pontos no começo da rodada. O mesmo sentimento de preocupação da queda permeia os gremistas. O técnico Celso Roth foi contratado para mudar o panorama, mas ainda não conseguiu fazer o quadro evoluir.

Seu trabalho ainda não engrenou e o 3 a 0 sofrido para o Ceará aumentou o nervosismo no clube. Começam a existir dúvidas se é possível dar um salto na tabela com a velocidade que se pretendia.

O experiente Gilberto Silva tenta acalmar o ambiente. ‘A única forma de mudarmos isso é com trabalho, sem entrar em desespero. Sabemos que, pelo grupo que temos, deveríamos estar em uma situação inversa, brigando na parte de cima da tabela. Infelizmente, as coisas não têm acontecido dessa forma. Temos que começar a pontuar. O fato de ter um jogo em seguida eu acredito que seja bom para a recuperação. E que essa recuperação seja contínua até o fim da competição’, opinou.

Em campo o treinador modificará o time, escalando dois centroavantes (Brandão e Miralles ou André Lima). No meio-campo, Marquinhos deve matar a sua vontade de ser titular ao lado de Douglas. Após ser desfalque por uma série de jogos devido à lesão no tornozelo, o lateral Gabriel retorna ao time.FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO X GRÊMIO

Continua após a publicidade

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 21 de agosto de 2011, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)

Assistentes: Bruno Boschillia e José Amilton Pontarolo (ambos do PR)

ATLÉTICO-GO: Márcio, Adriano, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Pituca, Ernandes, Bida e Thiaguinho; Juninho e Anselmo

Técnico: Hélio dos Anjos

GRÊMIO: Victor; Gabirel, Vilson, Rafael Marques e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos (Adílson) e Douglas, André Lima (Miralles) e Brandão

Técnico: Celso Roth

Continua após a publicidade
Publicidade