Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Problema com voo da Seleção desfalca Flamengo e Botafogo

Por Da Redação 12 out 2011, 19h15

O voo fretado que serviria para acelerar o retorno dos jogadores aos clubes brasileiros após a vitória da Seleção em amistoso contra o México, realizado na terça-feira, em Torreón, não teve utilidade na prática para Flamengo e Botafogo. Um atraso no voo por causa da falta de autorização para sobrevoar o espaço aéreo colombiano vai desfalcar as equipes, que não poderão escalar Ronaldinho Gaúcho e Jefferson nesta quarta-feira, contra Palmeiras e Corinthians, respectivamente.

O avião deve pousar em solo brasileiro por volta das 21h30, o que invibiliza a participação dos atletas nos jogos das 21h50. Jefferson já havia adiantado que não pretendia jogar por causa do desgaste e o técnico Caio Junior respeitou a decisão do goleiro, preparando Renan para substitui-lo. Já o Flamengo tinha esperanças de contar com seu camisa 10, mas Luxemburgo deve manter Diego Maurício entre os titulares.

Como Fluminense, Vasco, Santos e Atlético-MG entram em campo apenas na quinta-feira, Fred, Dedé, Neymar e Réver estarão à disposição dos treinadores – os dois primeiros já estão confirmados como titulares, enquanto os dois últimos dependem de análise das comissões técnicas.

Cada clube pagou cerca de R$ 26 mil pelo voo fretado, que custou ao todo R$ 160 mil.

Continua após a publicidade

Publicidade