Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Muhammad Ali comparece ao enterro de Joe Frazier

Por Yuri Gripas 15 nov 2011, 13h14

O lendário Muhammad Ali esteve presente na segunda-feira durante enterro realizado na Filadélfia de seu arquirrival em sua época de boxeador, Joe Frazier, que faleceu no dia 7 de novembro aos 67 anos vítima de um câncer de fígado.

Além de Ali, várias personalidades do mundo do boxe estavam presentes na cerimônia privada para dar o último adeus a ‘Smokin’ Joe, como o também ex-campeão mundial Larry Holmes e o promotor de boxe Don King.

Vestido com um terno escuro e óculos escuros, Muhammad Ali, que sofre de Mal de Parkinson desde 1984, precisou de ajuda para subir e descer as escadas da igreja.

Ali e Frazier, inimigos implacáveis durante suas carreiras dentro dos ringues, se enfrentaram em três lutas na década de 1970.

Na primeira, Frazier tornou-se o primeiro homem a derrotar Ali e o primeiro a derrubá-lo, mantendo seu título de peso pesado por decisão unânime dos jurados depois de 15 assaltos em 1971, no Madison Square Garden de Nova York, neste que foi considerado o “combate do século”.

Continua após a publicidade

Frazier perdeu as duas vezes seguintes para Ali, em 1974, em 12 assaltos, novamente no Madison Square Garden, e em 1975, nas Filipinas, em 14 assaltos, em uma luta que ficou conhecida como “o thriller de Manila”.

Na época, Ali chamava Frazier desdenhosamente de “gorila” ou “Tio Tom”.

Frazier sugeriu em uma ocasião que a luta de Ali contra o Parkinson era o castigo que Deus impôs a ele pelo seu comportamento fora dos ringues.

Mas em 2009 Frazier disse à Sports Illustrated que havia perdoado Ali, que foi um dos primeiros a homenageá-lo após seu falecimento.

O reverendo Jesse Jackson elogiou Frazier na cerimônia fúnebre pedindo aos presentes que ficassem de pé e “demonstrassem seu amor” a ‘Smokin’ Joe.

Milhares de pessoas prestaram uma última homenagem na Filadélfia ao ex-campeão do mundo, falecido no dia 7 de novembro.

Continua após a publicidade
Publicidade