Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Marcelo Melo elogia mudança para SP e mira inédito tri com Thomaz Bellucci

Por Da Redação 13 fev 2012, 15h18

O brasileiro Marcelo Melo, um dos únicos quatro tenistas que já conquistaram a chave de duplas do Aberto do Brasil duas vezes, aprovou a mudança do torneio da Costa do Sauípe para São Paulo. Ao lado do compatriota Thomaz Bellucci, ela tenta ser o primeiro tricampeão do evento que será realizado no Complexo do Ibirapuera, nesta semana.

‘Foi muito bom. Agora ficou muito mais fácil e acessível para ir e ver as partidas do torneio. Tenho certeza que muita gente vai aproveitar essa oportunidade e assistir aos brasileiros e outros jogadores de perto’, declarou Melo, projetando um aumento no público, que costumava ser pequeno na Bahia.

Atual campeão do torneio, ele ganhou em 2011 ao lado de Bruno Soares e repetiu o feito de 2008, alcançado com o André Sá. Os tchecos Lukas Dlouhy e Pavel Vizner, campeões em 2005 e 2006, e o espanhol Marcel Granollers, que triunfou em 2009 e 2010, também são bicampeões.

‘Eu tenho um carinho especial por este torneio. Jogar no Brasil é muito bom, pois a torcida é fantástica. Não sinto muita pressão em pensar nisso, mas acho que a expectativa aumenta por ter mais uma chance de jogar em casa’, declarou.

Depois de dois anos de parceria, os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares resolveram se separar (o segundo passou a jogar com o norte-americano Eric Butorac). Na primeira rodada em São Paulo, Melo e Bellucci enfrentam os espanhóis Albert Montañes e Albert Ramos.

‘Eu e o Thomaz estamos no caminho certo. A cada jogo, conseguimos melhorar em alguma coisa, especialmente o entrosamento. Fizemos duas boas partidas no Chile. Aos poucos, os resultados irão aparecer’, afirmou Melo, que jogou ao lado do amigo e compatriota no Aberto da Austrália e no ATP 250 de Viña del Mar.

Como preparação, o mineiro passou por um período de treinamento em Belo Horizonte sob o comando do técnico Daniel Melo, seu irmão e campeão no Sauípe em 2001, na primeira edição do evento. ‘Treinei muito bem. Aproveitamos para aprimorar algumas coisas. Além disso, as condições são parecidas com as que encontrarei em São Paulo’, encerrou.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês