Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Loco treina entre os reservas e tem conversa amistosa com Oswaldo

A decisão do técnico Oswaldo de Oliveira de barrar o atacante Loco Abreu no empate sem gols com o Guarani, que deu ao Botafogo a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, nessa quarta, repercutiu muito nos meios de comunicação. Mas o uruguaio parece estar sabendo lidar bem com a situação. Na manhã desta quinta-feira, poucas horas depois do ocorrido, ele treinou normalmente com os atletas considerados reservas na sede de General Severiano. Enquanto isso os titulares fizeram trabalho regenerativo na academia do clube.

Oswaldo de Oliveira esteve presente ao treino e por alguns minutos teve uma conversa com Loco Abreu no gramado. O papo pareceu amistoso. O treinador tomou o máximo de cuidado ao abordar a barração do artilheiro.

‘Loco Abreu é um artilheiro, um jogador muito importante no nosso grupo. Está se preparando melhor, pois veio de recondicionamento físico e sofreu algumas pancadas em campo. A medida em que eu achar que ele está pronto, vai voltar a jogar’, disse Oswaldo.

O treinador elogiou o comportamento do uruguaio no banco de reservas contra o Bugre.

‘O Loco Abreu é um jogador que participa muito, é de grupo. Entrou no vestiário depois do jogo contra o Guarani comemorando muito a classificação para as oitavas de final. Sem contar que está ajudando muito os mais jovens, passando força e tranqüilidade’, disse Oswaldo.

Resta saber agora se Oswaldo de Oliveira planeja o retorno do atacante já para o duelo contra o Bangu, neste sábado, no Engenhão, pelas semifinais da Taça Rio. Caso ele fique novamente no banco, o argentino Herrera deve permanecer entre os 11 principais. Por enquanto a única alteração certa é o retorno do lateral direito Lucas, que cumpriu suspensão diante do Bugre e reaparece na vaga do volante Lucas Zen, que atuou de forma improvisada no setor diante dos campineiros.

Retornando após lesão no joelho direito, o meia Maicosuel também trabalhou entre os reservas nesta quinta-feira e sua presença entre os titulares contra o Bangu foi praticamente descartada por Oswaldo de Oliveira.

‘Ele perdeu muito da sua condição física pelo tempo que ficou parado. Ir entrando aos poucos faz parte da nossa programação. O jogador vai avançando a cada jogo’, afirmou o comandante.

O elenco do Botafogo volta a treinar na manhã desta sexta-feira, quando deverá acontecer apenas um recreativo, como de costume em véspera de jogos. Depois começa o período de concentração.