Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Independiente bate Goiás nos pênaltis e é campeão da Copa Sul-Americana

Equipe brasileira jogou melhor na prorrogação, mas não conseguiu marcar; nas penalidades, o atacante Felipe desperdiçou a sua cobrança

Depois de quinze anos, o Independiente volta a conquistar um título internacional. A equipe argentina venceu o Goiás na noite desta quarta-feira, na final da Copa Sul-Americana, em partida realizada no estádio Libertadores da América, em Avellaneda.

A vitória do Independiente classifica automaticamente o Grêmio como a quarta equipe brasileira a disputar a Libertadores em 2011 – a bem da verdade, o time gaúcho, assim como o Corinthians, jogará a chamada Pré-Libertadores, e tentará a vaga na competição contra o Liverpool do Uruguai. Rebaixado no Campeonato Brasileiro deste ano, o Goiás agora se prepara para disputar a Segunda Divisão do futebol brasileiro no próximo ano.

Final – Com a vantagem de 2 a 0 construída na primeira partida, o Goiás entrou em campo com o direito de levar até um gol para conquistar o primeiro título internacional da história do clube. A partida foi muito movimentada desde o início. Todos os gols aconteceram no primeiro tempo. Velázques abriu o placar para os portenhos aos 19 minutos do primeiro tempo. Rafael Moura descontou logo em seguida aos 21, marcando seu oitavo gol na competição e isolando-se na artilharia da competição. Mas o atacante Parra deu vantagem ao Independiente com gols ao 36 e aos 38.

O ritmo veloz foi mantido no segundo tempo. Os dois times tiveram diversas oportunidade de chegar às redes. Os goleiros Navarro, do Independiente, e Harley, do Goiás, foram os dois grandes nomes da partida.

Prorrogação – Como a vantagem do gol marcado fora de casa não existe nas partidas finais, o placar agregado levou a partida à prorrogação. A equipe brasileira claramente apresentou um preparo físico melhor e esteve mais próximo do gol. O zagueiro Marcão chegou a marcar de cabeça, mas o assistente assinalou impedimento e anulou o gol.

Penalidades – Com a igualdade mantida na prorrogação, o jogo foi decidido nos pênaltis. O Independiente converteu todas as suas cobranças. Felipe, atacante do Goiás, bateu na trave e a equipe brasileira perdeu a oportunidade de conquistar seu primeiro título internacional.

Rafael Moura Rafael Moura

Rafael Moura (/)

Independiente – Navarro; Tuzzio, Carlos Matheu, Julián Velázquez , Mareque; Nicolás Cabrera, Battion, Hernán Fredes (Velazquez), Martinez (Gomez), Patricio Rodríguez (Leandro Grácian), Parra.

Goiás – Harlei; Douglas (Éverton Santos), Rafael Toloi, Ernando, Marcão, Wellington Saci; Amaral, Carlos Alberto, Marcelo Costa; Otacílio Neto (Felipe), Rafael Moura .

Confira abaixo todos os campeões da Copa Sul-Americana

2010 Independiente (Argentinal)

2009 LDU (Equador)

2008 Internacional (Brasil)

2007 Arsenal (Argentina)

2006 Pachuca (México)

2005 Boca Juniors (Argentina)

2004 Boca Juniors (Argentina)

2003 Cienciano (Peru)

2002 San Lorenzo (Argentina)